Grêmio vira contra o Vasco em noite de estreias e muitas polêmicas - WSCOM

menu

Futebol

14/07/2019


Grêmio vira contra o Vasco em noite de estreias e muitas polêmicas

Pepê comemora gol contra o Vasco (Gazeta Press)

O Brasileirão voltou! Após a pausa da Copa América, o Grêmio venceu o Vasco por 2 a 1, em Porto Alegre, inaugurando a 10ª rodada do campeonato. Yago Pikachu fez o gol vascaíno, e Pepê, com dois, virou para os gremistas.

Com o resultado, os gaúchos agora têm 14 pontos e ocupam a 8ª posição. Já os cariocas estão em 15º, com 9 pontos somados.

O jogo foi muito marcado por polêmicas de arbitragem. O Vasco teve um gol anulado por Rodolpho Toski Marques após consultar o VAR, e minutos depois os vascaínos reclamaram muito de uma não-paralisação por lesão que quase resultou em gol gremista.

A partida também estreias. Pelo lado dos mandantes, David Braz não passou uma boa impressão, fazendo o pênalti que abriu o placar. No Vasco, os dois contratados na pausa também foram titulares: Richard e Marquinho. O volante, que veio do Corinthians, logo tomou um cartão amarelo após uma falta aos 6 minutos de jogo. O atacante, que veio do Athletico Paranaense, pouco apareceu e foi substituído aos 30 do segundo tempo.

Primeiro tempo vascaíno

O gol dos visitantes saiu aos 12 minutos. Após cobrança de falta de Valdívia, quase na marca de escanteio do lado direito, a bola ficou pingando na grande área e David Braz, estreante, puxou Oswaldo Henríquez. Pênalti. Pikachu bateu no canto esquerdo de Paulo Victor e abriu o placar.

Aos 34 minutos, as arquibancadas comemoraram pela primeira vez: Everton Cebolinha foi chamado por Renato Gaúcho, e logo entrou no lugar de Romulo.

Nos últimos suspiros do primeiro tempo, o Vasco criou duas belas oportunidades. Com o Grêmio indo ao ataque, mais ataques abriram na defesa. Após roubo de bola, Valdívia disparou e, da entrada da área, bateu por cima do gol. No minuto seguinte, Matheus Henrique errou um passe no meio de campo e Valdívia achou Raul disparando pela ponta direita. O volante chutou cara a cara com Paulo Victor, mas o goleiro jogou para escanteio. Torcida gremista vaiou seu time após o final da primeira etapa.

Segundo tempo gremista – e polêmico

Quando começou o segundo tempo, os torcedores não ficaram mais felizes. Com menos de um minuto, o Vasco chegou pela ponta direita. Rossi abriu para Valdívia e o meia rolou para Pikachu, que entrou na área, deu uma sequência de dribles, e chutou para o fundo do gol. Golaço do Vasco, mas o VAR anulou. Na origem da jogada, o árbitro viu uma mão de Rossi no rosto de Matheus Henrique e decidiu marcar a falta após revisão. Os jogadores e o treinador Vanderlei Luxemburgo reclamaram muito, alegando que o toque havia sido em um movimento natural e sem força.

No minuto seguinte, Pepê escapou pela direita e cruzou para Everton, que cabeceou por cima do gol. Com 15 do segundo tempo, então, Pepê balançou as redes. Luan, centralizado, achou o ponta entrando na área pela direita, e o garoto só teve que bater cruzado e empatar a partida.

Pepê comemora gol contra o Vasco Gazeta Press

Com 20 minutos, mais polêmica. Rossi ficou no chão perto do meio de campo e o Vasco pediu para o Grêmio ou o árbitro pararem a partida, mas o lance seguiu. Luan recebeu na entrada da área, deu um drible e bateu de canhota, cruzado. A bola desviou e ficou limpa para Pepê, na entrada da pequena área, bater. Sem deixar a bola bater no chão, o atacante tentou tirar do goleiro Fernando Miguel, mas inacreditavelmente chutou para fora. Com o lance já encerrado, todos os jogadores do Vasco foram correndo pressionar Rodolpho Toski Marques, árbitro da partida. Fernando Miguel e Oswaldo Henríquez levaram cartão amarelo.

O Vasco teve grande chance aos 27. Danilo Barcelos, pela esquerda, chutou forte e Paulo Victor rebateu; no rebote, Marcos Júnior, de primeira, buscou o ângulo esquerdo de Paulo Victor, mas a bola foi para fora.

Com 40, já na reta final, Léo Moura cruzou com perfeição da direita e achou Pepê no meio da área. O garoto cabeceou com perfeição, sem chances para Fernando Miguel, e virou a partida.

Aos 49, Lucas Mineiro quase empatou de cabeça após cruzamento, mas a bola raspou a trave esquerda de Paulo Victor.

AGENDA

O Grêmio terá pouco tempo para se preparar para a próxima batalha. Na quarta-feira (17), às 19h15, vai a Salvador pegar o Bahia pela volta das quartas de final da Copa do Brasil. Na ida, em Porto Alegre, os times empataram em 1 a 1.

Pelo Brasileirão, o próximo duelo é contra o Internacional, fazendo o clássico gaúcho às 19h do próximo sábado (20). O Vasco, sem compromisso no meio de semana, volta a jogar no mesmo sábado, e também contra um rival, mas de manhã: às 11h, encara o Fluminense.


ESPN