Galdino pede união em torno da base e diz o projeto é comandado por João

Na imagem, o presidente da ALPB, Adriano Galdino

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Adriano Galdino (PSB), tratou de amenizar as discussões em torno do G10 envolvendo a base governista. O parlamentar ressaltou que as lideranças socialistas devem unir o discurso para que haja manutenção do projeto.

 

De acordo com Galdino, o projeto é comandado pelo Executivo estadual e que ele precisa de mais gestos que possam unir os parlamentares dentro da Casa de Epitácio Pessoa.  “Esse projeto hoje, a nível de governo, é comandado pelo governador João Azevêdo. O governador está precisando de gestos, de suas lideranças do PSB e do governo, que possam unir, agregar”, afirmou.

 

Ainda de acordo com o parlamentar, “todo e qualquer líder do PSB deve ser preocupar em falar para juntar, para dar as condições de governabilidade que João precisa. Precisamos estar fortes e unidos para atravessar esse tempo de dificuldade que o Governo da Paraíba atravessa. Minha fala é no sentido da união, da coesão de forças, de juntar”, ressaltou Galdino.

 

Sobre a polêmica em torno do G10

 

Galdino destacou a atuação de João, a base do diálogo, mostrando que o socialista vem fazendo muito à frente do Executivo. Para o parlamentar, João tem enfrentado uma agenda desumana e está realizando um belo trabalho em torno dela. “Ele [João] mostra comprovadamente o seu compromisso com a Paraíba e com os paraibanos. Ele tem cumprido seu papel de forma competente”, comentou.

 

Por fim, o presidente da ALPB afirmou que toda a base está unida com João, garantindo a governabilidade do Executivo. “Tem meu apoio, vai continuar tendo apoio do apoio do G10 e de toda base. Entendemos que João é o governador que tem bons propósitos para a Paraíba e os paraibanos”, concluiu.