menu

Saúde

23/01/2013


Exame detecta Down em feto de 2 meses

Exame

 Acaba de chegar ao Brasil um novo exame de sangue que diagnostica a Síndrome de Down e outras doenças genéticas no feto. O teste pode ser realizado a partir da nona semana de gestação e o resultado demora cerca de 10 dias — tempo de envio da amostra até os Estados Unidos, pois a análise não é realizada no Brasil.

Chamado de NIPT – PanoramaTM, o teste é feito por meio de uma pequena amostra de sangue da gestante. Além de saber o sexo do feto, é possível conseguir informações muito precisas das principais doenças cromossômicas, como Síndrome de Down, Síndrome de Patau, Síndrome de Edwards, Síndrome de Klinefelter e Monossomia do X.

O ginecologista Dr. Arnaldo Cambiaghi, diretor do IPGO (Instituto Paulista de Ginecologia e Obstetrícia), comenta que a tecnologia vai trazer mais tranquilidade aos pais que não serão surpreendidos no dia do parto.

— Infelizmente, se o resultado for positivo, o casal terá tempo para se preparar, se informar sobre a doença e criar um ambiente ideal para receber a criança. É importante que fique claro, neste momento, que a interrupção da gravidez é proibida pela lei brasileira e pela ética.

Atualmente, as gestantes que querem saber se o feto tem a doença são submetidas a um exame invasivo chamado amniocentese, ou seja, uma amostra do líquido amniótico é retirada de dentro do útero da mulher e examinada em laboratório. Este processo, que requer a inserção de uma agulha no abdômen, pode resultar em aborto.