menu

Educação

21/01/2013


Aluna pinta cabelo e é barrada na escola

Polêmica

 Uma estudante da cidade de Greeley, no Colorado (EUA), foi impedida de entrar na escola por ter pintado o cabelo de azul. Funcionários da Brentwood Middle School fizeram com que Ariel Davila voltasse para casa alegando que a cor do cabelo violaria as normas da escola, por ser associado a gangues. As informações são do The Huffington Post.

Embora a política do distrito não tenha uma regra explícita, a escola proíbe qualquer aluno de pintar o cabelo de vermelho ou azul. A escola explicou que ela não foi suspensa, mas apenas enviada para a casa até que tirasse a cor do cabelo.

Uma porta-voz da cidade disse que a medida tomada pela escola não foi para dar a entender que a garota é suspeita de participar de uma gangue, mas sim para impedir que ela vire alvo de marginais.

Ariel não é a única estudante a sofrer algum tipo de punição por pintar o cabelo. Na Carolina do Sul, uma aluna foi suspensa por pintar o cabelo para a campanha contra o câncer de mama.