menu

Política

18/02/2013


PMDB repudia declarações de Romero

Em nota

O diretório municipal do PMDB de Campina Grande emitiu nota repudiando as declarações do prefeito Romero Rodrigues (PSDB), que na manhã de hoje rebateu denúncias de que estariam cometendo nepotismo dizendo que é melhor empregar parentes do que ladrões na prefeitura.

A direção do PMDB diz que o prefeito foi leviano e inconseqüente. “O senhor prefeito deveria ser mais cauteloso e menos desatinado, antes de agredir a dignidade e a honra de pessoas, de forma absolutamente intempestiva, como o fez”, diz a nota. .

Nota

Causou ampla perplexidade e indignação a declaração leviana, por suas inconsistências e generalidades, proferida na manhã desta segunda-feira, dia 18 de fevereiro de 2013, pelo senhor Prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, em relação a auxiliares da administração passada da PMCG. O senhor prefeito deveria ser mais cauteloso e menos desatinado, antes de agredir a dignidade e a honra de pessoas, de forma absolutamente intempestiva, como o fez.

A ofensa se deu pelo simples fato de um jornalista questioná-lo sobre a denúncia intitulada “A Grande Família”, feita no último final de semana, quando a imprensa publicou extensa lista de parentes que foram agraciados com cargos de chefia na atual administração, com a utilização do único critério familiar para ingresso em cargos de destaque na esfera municipal.

Na impossibilidade de dar uma resposta satisfatória à sociedade, o Chefe do Executivo Municipal preferiu o insulto e a afronta gratuita, atingindo até mesmo profissionais que, após o término da gestão passada, continuaram prestando seus serviços à atual administração.

O mais intrigante é que o próprio prefeito, autor do ultraje, é quem está sob investigação judicial, em processo que tramita no Supremo Tribunal Federal – STF, por apresentação de documentação à Receita Federal, em sua declaração de Imposto de Renda, cuja idoneidade se apura judicialmente.

A gestão passada se irmana aos muitos pais e mães de família que atuaram com dedicação em oito anos de uma administração reconhecida pela população campinense e são, também, vítimas dos assaques desumanos e destemperados.

Nesse momento, a plena e absoluta manifestação de solidariedade, reiterando o mais veemente repúdio à insensatez, à ira e ao descontrole externado pelo Prefeito Romero Rodrigues.

Campina Grande – PB, 18 de fevereiro de 2013
Diretório Municipal do PMDB em Campina Grande