menu

Saúde

21/01/2013


Dormir mal pode acabar relacionamento

 Maridos, esposas e namorados com frequência se sentem negligenciados pelo parceiro. O motivo para isso, segundo estudo realizado na Universidade da Califórnia em Berkeley, nos EUA, pode ser simplesmente a falta de sono.

De acordo com a pesquisa, dormir menos do que o necessário pode deixar as pessoas cansadas demais para dizer um simples "obrigado".

"A privação de sono pode nos tornar mais egoístas e fazer com que nossas próprias necessidades tenham prioridade sobre as do parceiro", diz a psicóloga Amie Gordon, principal autora do estudo.

Junto com a psicóloga Serena Chen, também da Universidade da Califórnia em Berkeley, ela apresentou os resultados do trabalho no último fim de semana, na reunião anual da Sociedade para a Personalidade e Psicólogos Sociais, em Nova Orleans.

O estudo traz evidências de que uma noite de sono ruim torna parceiros menos afinados com o humor e a sensibilidade do outro.

Campo de batalha

Para muitos casais, a cama pode ser um campo de batalha: o barulho do laptop, a tosse ou ronco do outro podem ser irritantes, assim como o parceiro que, ao virar, deixa o outro descoberto.

"Você pode ter dormido como um bebê, mas se o seu parceiro não dormiu bem, os dois vão acabar ficando ranzinzas", comenta Gordon.

A pesquisa contou com mais de 60 casais, com indivíduos entre 18 e 56 anos. Em um dos experimentos, os participantes tinham que manter um diário sobre padrão de sono e anotar como uma noite reparadora ou ruim interferia na relação com o parceiro.

Em outro experimento, eles foram filmados enquanto resolviam alguns problemas propostos. Aqueles que tinham dormido mal na noite anterior mostravam menos apreço pelos parceiros.

A psicóloga observa que muitas pessoas afirmam ser ocupadas demais para dormir, e até orgulham-se das poucas horas de sono que têm. O fato a inspirou a estudar como a falta de sono pode ter impacto sobre os relacionamentos.

De um modo geral, os resultados mostravam que quem dorme pouco tende a valorizar menos o parceiro. Como resolver isso? Não se esqueça de dizer ‘obrigado’ quando o seu parceiro faz algo de bom", sugere Gordon. Deixe-o saber o quanto você gosta dele."