menu

Entretenimento

25/04/2019


Divulgada programação completa do 12º Festival Grito João Pessoa

Em sua maior edição, festival gratuito tem mais de 60 atrações em sete palcos no Centro Histórico. Evento acontece nos dias 26 e 27 de abril.

Festival Grito João Pessoa. Foto: Thiago Nozi

Foi divulgada nesta terça-feira (23) a programação completa da 12ª edição do Festival Grito João Pessoa, que acontece nos dias 26 e 27 de abril no Centro Histórico. Nessa edição histórica – a maior de todas na Paraíba e no Brasil – mais de 60 atrações se apresentam gratuitamente em sete palcos instalados ao longo da Praça Anthenor Navarro e Largo São Frei Pedro Gonçalves. Além dos shows, acontecem também exposição de artes visuais, intervenções cênicas e literárias, Feira de Troca de Sementes e Mudas, oficinas, Food Park e feira cultural.

 

O Festival Grito, que nasceu chamado “Grito Rock” e reduziu o nome uma vez que abrange várias áreas e estilos, tem como principal característica a prática colaborativa em sua realização. Este ano, o Festival acontece em mais de 100 cidades ao longo de 20 estados em 10 países – incluindo Portugal, Cabo Verde, Bolívia e Colômbia. A edição de João Pessoa vai ser a maior do Brasil este ano.

 

No line-up desta edição, destacam-se o metal industrial dos cariocas da banda Maldita (RJ), a mistura de sons e beats do DuSouto (RN) e o combinado Jackson Racional e os Afrobatuques, projeto paralelo das bandas Cabruêra e Os Fulano que faz releituras de músicas de Jackson do Pandeiro.

Nova pasta (5).jpg
Sinta a Liga Crew, Jackson Racional e os Afrobatuques, Dusouto (RN) e Val Donato são algumas das atrações do evento

Também há a presença de vários grupos locais que estão ganhando destaque na cena alternativa da Paraíba, já havendo participado de festivais em outros estados. São nomes como Flor de Pedra, Fontes, Rieg, Vieira, banda-fôrra, Val Donato e Sinta a Liga Crew. Veja o line-up completo abaixo.

 

Os shows acontecem em um palco montado na Praça Anthenor Navarro, no Centro Cultural Espaço Mundo, Hera Bárbara, Djaba Rock Pub, Mofado Estúdio Bar, Vila do Porto e Van Filosofia. Todas as apresentações são gratuitas. O evento conta ainda com apoio do Governo do Estado e Prefeitura de João Pessoa, Slow Hostel, Frederica Hostel, Movimento Varadouro Cultural, Funesc, Salve! Estúdio, Central Comunicação, IAB.PB – Instituto de Arquitetos do Brasil, Toroh Música & Cultura, Rádio Cabo Branco FM e G1 Paraíba para viabilizar sua realização.

Homenagem

Bravo por Rafael Passos.jpg
Falecido em 2018, Bravo é homenageado pela organização do Grito João Pessoa
 

A edição 2019 do Festival Grito João Pessoa faz uma homenagem ao artista multimídia pessoense Alberto de Araújo, o Bravo, falecido em 2018. Alberto teve um importante papel e contribuição para o fortalecimento da cena musical paraibana dos dias atuais, onde atuou em vários projetos como músico e como produtor. O artista também participou da produção do Festival em outras edições.

Atividades Formativas e Propostas Livres

Além das propostas relacionadas às várias linguagens artísticas, o Festival Grito também conta com atividades formativas (palestras, oficinas e/ou workshops) e as chamadas “propostas livres”, organizadas e geridas por seus proponentes dentro da programação oficial do Festival. As inscrições para as oficinas nas áreas de dramaturgia, literatura e dança, estão abertas (bit.ly/OficinasGrito), os participantes receberão certificado após o evento. Confira os temas:

 

Expo.Grito

expogrito.jpg
Artistas participantes da Expo.Grito

Além das atrações musicais, o Festival também realiza a Expo.Grito, uma campanha voltada para a exposição de artes e intervenções visuais com o objetivo de estimular a divulgação e circulação de artistas locais. Este ano, a exposição coletiva acontece no Centro Cultural Espaço Mundo e no IAB.PB – Instituto de Arquitetos do Brasil e conta com obras de Albenise Vasconcelos, Bru Dias, Dedoverde, Eduardo Bruno, Fábia Slenn, Gi Ismael, Lucas Nó Brega, Mayara Ismael, Studio Arttag e Yasmin Formiga. Também faz parte desta programação a exposição “Sinestese”, do artista paraibano Shiko.

 

Grito Verde

adore um copo.jpg
Campanha “Leve sua caneca” promove ação sustentável junto ao público
 

Entre as campanhas de conscientização ambiental do evento, estão as campanhas Leve Sua Caneca, Carona Solidária, Destine Seu Lixo Corretamente e Bituca Também É Lixo, que visam reduzir o impacto ambiental ao meio ambiente e ao patrimônio público.

ATENÇÃO! Não será permitido entrar com vidros e descartáveis no evento, haverá fiscalização.

Grito Delas

 

O protagonismo feminino é uma das bandeiras encampadas pelo Grito. Sendo assim, papéis de liderança na organização do evento e a presença cada vez maior de bandas e vocais femininas – como Sinta a Liga Crew, Margaridas em Fúria e Trio Maria Sem Vergonha – fazem parte da postura e da cultura do Festival. Haverá ainda intervenções artísticas de mulheres durante a programação conscientizando o público sobre a importância desta discussão, especialmente nos dias atuais.

 

Food Park e Camelô 2.0

 

Empreendimentos como Axé Bebidas, Cerveja Turmalina, Cervejaria Gameleira, Chita Bacana , Divino Crepe, Ogrão e Veganche farão parte da praça de alimentação do Festival, oferecendo comidas e bebidas diferenciadas a preço justo. Já na Feira Cultural Camelô 2.0, iniciativas como Carla Muniz Macramê, Jornal Microfonia, Shower Saboaria e Piaba Camisas estarão comercializando seus produtos.

 

Confira a programação completa do evento

 

Sexta-feira (26 de abril)

 

PRAÇA ANTHENOR NAVARRO

20h – Coletivo CoNéctar de Redução de Danos – Ação de redução de danos com abordagem informativa / educativa

 

CENTRO CULTURAL ESPAÇO MUNDO

14h – Oficina “Escrita Criativa no cotidiano” – Bianca Dantas

21h – Experimento #01 – Biscolacha

22h – Marcus Yazbek

23h – Marcos Rosa

 

HERA BÁRBARA

22h – Trio Maria Sem Vergonha

23h – Siba Carvalho (PE)

 

DJABA PUB

22h – Ode Insone

23h – Venus in Fuzz

 

VILA DO PORTO

19h – Oficina “Vivência de Dança Tribal estilo Dark Fusion” – Lady Wilma

22h – JVNO

23h – Caixa de Maribondo

 

MOFADO BAR

22h – Azerdna

23h – Crânio

 

IAB.PB

20h – Abertura Expo.Grito – obras de Albenise Vasconcelos, Bru Dias, Dedoverde, Eduardo Bruno, Fábia Slenn, Gi Ismael, Lucas Nó Brega, Mayara Ismael, Studio Arttag e Yasmin Formiga

 

Sábado (27 de abril)

 

PRAÇA ANTHENOR NAVARRO

14h – Varal Poético “Coletânea de poemas para pessoas que não amo” – Bianca Dantas

17h – Exille Alef

17h30 – Intervenção “Vocês tem Medo do Corpo que Fala” – Ivaney Justino

18h – Junior Cordeiro (Campina Grande)

18h30 – Intervenção “PESO” – Yasmin Formiga

19h – About The Blues

19h40 – Sarau Selváticas

20h10 – Arrete (PE)

20h50 – Maracatu Nação Pé de Elefante

21h20 – DuSouto (RN)

22h40 – Maldita (RJ)

0h10 – Jackson Racional e os Afrobatuques

 

CENTRO CULTURAL ESPAÇO MUNDO

16h30 – Survivant

17h30 – Flores Baldias

18h30 – Ayabass

19h40 – Flor de Pedra

20h50 – Bohos and Queens (AL)

22h – Sourebel (RN)

23h30 – Vieira

1h – Val Donato

 

HERA BÁRBARA

16h30 – Kaya7

17h30 – Wild

18h30 – La6Crew

19h40 – Fontes

20h50 – Mebiah

22h – Gang44

23h30 – DJAC

1h – LomBRa

2h –  DJ Ian Valentin

 

DJABA PUB

16h30 – Self Creation

17h30 – Dolorem

18h30 – Demoniah (PE)

19h40 – Margaridas em Fúria

20h50 – Soturnus

22h – Flamenhell

23h30 – Terrible Force

1h – Vermgod

 

VILA DO PORTO

16h30 – Gatunas

17h30 – Borborema Boombox

18h30 – Orijah

19h40 – Kill The Boss

20h50 – Electro Bromance

22h – Rieg

23h30 – banda-fôrra

1h – Sinta A Liga Crew

 

MOFADO BAR

16h30 – Revoltos Constantes

17h30 – Carrapato’s

18h30 – Primavera Blue

19h40 – Turmalina Parahyba

20h50 – T.O.S.I (Campina Grande)

22h – Mate Ou Morra

23h30 – Hazamat

1h – Sistema Brutal

 

VAN FILOSOFIA

18h – House Dance PB – Aulão de Dança com Ayleen Vant e Karla Oliveira

19h – House Dance PB – DJ DD

20h10 – Arara Azul – Palhaço Bambam

21h20 – Van Filosofia e Veejay FM

 

IAB.PB

14h – Oficina “Apontamentos para outras dramaturgias” – Railson Almeida

16h30 – Expo.Grito