menu

Política

04/01/2013


Dinho toma posse e destaca prioridades

{arquivo}O suplente de vereador, Valdir José Dowsley, do Partido Republicano, tomou posse no final da manhã desta sexta-feira (4) no lugar do vereador Pedro Coutinho (PTB), que foi convidado para ocupar a Superintendência do Instituto de Previdência do Município (IPM). Ele foi empossado pelo presidente da Câmara Municipal de João Pessoa, vereador Durval Ferreira (PP). A solenidade foi bastante informal e aconteceu no gabinete da Presidência.

Dinho, como é mais conhecido Valdir Dowsley, obteve nas últimas eleições municipais 3.090 votos, e ficou como 1° suplente da Coligação “João Pessoa Mais Feliz I”, formada pelo PR, PMDB e PTB. Ele ocupará a cadeira no Parlamento e será da base de apoio ao prefeito Luciano Cartaxo (PT).

O presidente Durval declarou que o Legislativo Municipal ganha com a vinda de Dinho e também com a indicação de Pedro Coutinho para o IPM. “São dois vereadores competentes, que trabalham pela cidade e que possuem muita experiência política. Não tenho dúvidas de que Dinho vai ter uma atuação parlamentar fundamental e que Pedro vai desempenhar seu papel de gestor, atendendo os interesses dos servidores, aposentados e pensionistas”, comenta.

“Assumo o mandato com o mesmo propósito que estive na Câmara nas últimas vezes. Trabalhar pela população pessoense e defender as causas sociais, com o foco sempre na questão da valorização dos servidores públicos municipais, dos prestadores de serviços, reforma de mercados públicos, enfim, tudo aquilo que venha melhorar a vida das pessoas”, informou Dinho.

Sobre o servidor público, ele pretende cobrar do Município o cumprimento do Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração (PCCR) do servidor, debater com a gestão a possibilidade de incorporação dos prestadores de serviços mais antigos, com mais de dez, vinte e trinta anos de trabalho, solicitar a reforma dos Mercados Públicos do Castelo Branco e do Geisel e da ciclovia na avenida Epitácio Pessoa.

Dinho quer também a construção de banheiros públicos em alguns pontos da orla marítima para atender à população e principalmente os turistas que visitam a cidade, na alta estação, e, muitas vezes, precisam utilizar um banheiro e tem que recorrer a bares e restaurantes. “E isso é incomodo”, completa. O parlamentar lembrou que já existem emendas ao Orçamento Anual para a construção não só desses banheiros, como para execução de obras de calçamento e praças públicas.

Com relação a sua postura política na Casa, ele foi enfático: “serei da base de sustentação do governo municipal. Vou votar de acordo com minha consciência e naqueles projetos que beneficiem a Capital e a população”.