menu

Paraíba

21/02/2013


Deputada lamenta posição de empresária

Repercussão

A deputada estadual Iraê Lucena (PMDB), autora do requerimento que concede titulo de cidadania paraibana a empresária Ana Luiza, dona do restaurante Canyon de Coqueirinho, comentou as declarações da empresária que disse não aceitar a homenagem por conta da derrubada de parte do empreendimento na Praia de Coqueirinho, Litoral Sul da Paraíba.

Iraê fez questão de ressaltar que é amiga pessoal de Ana Luiza e que ela contribuiu muito para o desenvolvimento do turismo daquela região, mas lamenta a posição dela com relação ao titulo de cidadão. “Acredito que ela tenha dito isso num momento de revolta, pois por  tudo que já fez pela Paraíba e pelo sentimento que eu sei que ela tem por nossa terra, ela já é uma paraibana”.

A deputada ressaltou ainda que a Sudema apenas fez cumprir uma decisão da Justiça que foi acionada através da Superintendência do Patrimônio da União e do Ministério Público Federal.

O advogado da empresária também negou que ela tenha renegado a Paraíba, mas confirmou que ela estava magoada com a decisão de derrubar parte de seu restaurante. Ele disse ainda que já recorreu da decisão para garantir que o anexo do bar. O advogado informou ainda a parte que deve ser derrubada, trata-se apenas de umas mesas de apoio, todas móveis e que não alteram em nada o meio ambiente.