CRM libera funcionamento do Hospital Materno Infantil de Bayeux a partir de hoje

 Os médicos que trabalham no hospital Materno Infantil João Marsicano da cidade de Bayeux voltaram internar e receber novos pacientes às 0h deste sábado (5). A unidade de saúde havia sido interditada eticamente pelo Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB), mas foi liberada após nova vistoria realizada nesta sexta-feira (4).  

 No dia 6 de novembro, o CRM-PB interditou eticamente os médicos do hospital porque a Vigilância Sanitária havia interditado o bloco cirúrgico e a central de esterilização da unidade hospitalar. No dia 7 de dezembro, o hospital foi desinterditado com a promessa de que os problemas seriam resolvidos. 

 Diariamente, são realizados mais de dez partos no hospital, sendo cerca de três cesáreas.  

Por Redação