menu

Paraíba

11/07/2019


CREA-PB diz que está investigando responsáveis por prédio em construção que desabou em João Pessoa

Imagem reprodução/Foto: whatsapp

 Após o desabamento de um prédio de cinco andares em João Pessoa, na noite de ontem, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia da Paraíba (CREA-PB) se pronunciou através de nota e disse que está contribuindo com as investigações no caso. O prédio em construção, com cinco andares, era um anexo em construção do Centro de Tratamento Dr. Ussânio Mororó.

 Segundo  CREA, o levantamento documental de empresas e profissionais envolvidos na construção está sendo feito para averiguar as responsabilidades técnicas pela obra. O órgão disse está trabalhando conjuntamente com a Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros

 Leia a nota:

 “Diante do desabamento da estrutura do bairro da Torre, na noite desta quarta-feira, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia da Paraíba vem a público informar que está auxiliando a Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros, com o objetivo de garantir de imediato a segurança da população que transita pelo local. O Conselho esclarece que está realizando o levantamento documental de empresas e profissionais envolvidos na construção para averiguar as responsabilidades técnicas, se comprometendo a contribuir com as investigações com base nas evidencias contidas no sinistro, respeitando o direito constitucional da ampla defesa e contraditório dos envolvidos”.

 Anexo interditado

 O anexo, que pertencente ao Centro de Tratamento Dr. Ussânio Mororó, estava interditado no momento do desabamento.

 Medical Hospital Dia é interditado por conta do acidente

 O Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil interditaram o Medical Hospital Dia, que fica ao lado do anexo, após o desabamento. Três pacientes que estavam na unidade receberam alta médica e o hospital foi esvaziado por medidas de segurança.

Portal WSCOM