Copa América: Jornal argentino até elogia entrega de Messi, mas lamenta: 'Já não é decisivo' - WSCOM

menu

Futebol

20/06/2019


Copa América: Jornal argentino até elogia entrega de Messi, mas lamenta: ‘Já não é decisivo’

Lionel Messi antes do jogo entre Argentina e Paraguai, pela Copa América EFE

Após o empate por 1 a 1 entre Argentina e Paraguai, na última quarta-feira (19), pela Copa América, o jornal argentino La Nación, um dos mais importantes do país, reconheceu o esforço de Lionel Messi em campo.

Como técnico da Argentina perdeu completamente o comando do vestiário
No entanto, lamentou que ele já não seja mais o jogador decisivo de outros tempos pela seleção, que conseguiu carregar a uma final de Copa do Mundo e duas decisões de Copa América.

“Na partida, Messi tentou resgatar o time, mas suas insinuações nunca se completavam. Correu, até lutou em alguns momentos. Recuou o quanto pode para buscar a bola. Mas os parceiros em campo voltaram a deixá-lo na mão”, escreveu.

“Não teve empatia com Lo Celso, nem com Lautaro Martínez, e tampouco os ‘medalhões’ Agüero e Di María ofereceram opções quando Scaloni os colocou em campo”, acrescentou.

“Messi estava desbotado. Não se rendeu, mas foi pálido, sem cor. Suas cobranças de falta são um bom termômetro: ao contrário do Barcelona, pela Argentina não levam veneno. São fracos, intranscendentes. No Mineirão, foi tranquilo nas mãos do goleiro”, completou.

Na última rodada, a Argentina tem a obrigação de ganhar do Catar para terminar ao menos em 3º lugar, o que pode valer a classificação.

Se empatar com os asiáticos, porém, a equipe albiceleste será eliminada ainda na fase de grupos, num verdadeiro cataclisma.

As decisões serão jogadas no próximo domingo, às 16h (de Brasília), com Colômbia x Paraguai, na Fonte Nova, e Argentina x Catar, na Arena do Grêmio.


Por ESPN