menu

Futebol

17/08/2019


Com Pedrinho brilhando, Corinthians vence Botafogo na Arena

Jogadores do Corinthians comemoram gol marcado diante do Botafogo Gazeta Press

Depois do puxão de orelha de Fabio Carille pela falta de produtividade ofensiva no jogo do último final de semana, o Corinthians correspondeu.

Jogando com uma equipe com algumas mudanças, pensando na Copa Sul-Americana, o time presenteou o torcedor em Itaquera com uma vitória por 2 a 0 sobre o Botafogo, com gols de Boselli e Everaldo, além de uma atuação de destaque de Pedrinho, que participou dos lances dos dois gols.

Com os três pontos, o Corinthians chega aos 27, aparecendo na quinta posição, com a mesma pontuação de Atlético Mineiro e Flamengo, que ainda vão jogar nesta rodada. Já o Botafogo, com 22 pontos, é o 8º colocado no Brasileirão.

Domínio do Corinthians

Os donos da casa controlaram o primeiro tempo e deram muito trabalho para o goleiro Gatito Fernández, que já teve que trabalhar aos três, no chute de Vital, e fazer uma defesaça aos 11 minutos, no chute de Pedrinho.

O Corinthians já havia finalizado cinco vezes quando o Botafogo criou a primeira chance, aos 19, em chute de Pimpão que Walter defendeu.

Aos 26, Boselli aproveitou a besteira no meio de campo adversário e arriscou de fora da área, parando em mais uma boa defesa de Gatito. A pressão seguia e Everaldo levou perigo também, chutando de longe e errando o alvo por muito pouco.

Mas o goleiro não ia conseguir fazer nada aos 41. Pedrinho deixou Gilson na saudade em boa jogada pela direita e cruzou para Boselli. A batida, mesmo que um pouco desequilibrado, acertou o ângulo esquerdo de Gatito.

A vantagem no placar poderia ser maior, não fosse mais uma intervenção de Gatito. Aos 44, Carlos Augusto cruzou para Pedrinho tentar de cabeça e parar em mais uma grande defesa do goleiro.

Tranquilo de um lado, tenso do outro

No segundo tempo, o Corinthians continuou superior e o Botafogo seguiu dependendo de Gatito.

Pedrinho errou o alvo aos seis minutos, mas, quatro minutos depois, ele bateu de perna esquerda e viu o goleiro espalmar. O rebote, contudo, sobrou para Everaldo bater colocado, no contrapé do paraguaio, e comemorar seu primeiro gol com a camisa do clube.

Se o jogo era tranquilo para o Corinthians, o lado carioca esquentou com uma confusão entre Cícero e Gilson, que começaram a discutir dentro da própria área e foi necessária a chegada da “turma do deixa-disso” para acalmar os ânimos.

Nos minutos finais, o Botafogo chegou a acertar uma bola na trave de Walter, no cabeceio de Benevenuto, aos 41, e depois no cruzamento de Marcinho que fez o goleiro do Corinthians se atrapalhar, mas o lance já estava anulado por impedimento.

Já nos acréscimos, Walter mostrou que estava atento no chute de Diego Souza e garantiu a vitória sem sofrer gols.

Na sequência

O Corinthians volta a campo na quinta-feira, para a primeira partida das quartas de final da Copa Sul-Americana contra o Fluminense, às 21h30 (de Brasília), em Itaquera.

Já pelo Brasileirão, o time paulista joga no domingo, às 19 horas, contra o Avaí, fora de casa. O Botafogo, que tem a semana livre para treinamentos, joga apenas na outra segunda-feira, dia 26, contra a Chapecoense, às 20 horas, no Rio de Janeiro.


Por ESPN