menu

Esporte

06/10/2019


Cheio de desfalques, Sampaoli promete Santos ofensivo contra o Palmeiras

Soteldo, Derlis González, Felipe Jonatan e Evandro estão fora do confronto.

Na imagem, o técnico do Santos Sampaoli

Depois de vacilar nas primeiras rodadas do segundo turno do Campeonato Brasileiro, o Santos voltou a emendar uma boa sequência no torneio e venceu os dois últimos jogos pelo Nacional.

 

Após triunfo de 2 a 0 contra o CSA na Vila Belmiro, o time alvinegro venceu o Vasco por 1 a 0 neste sábado, em São Januário, e chega embalado para o clássico diante do Palmeiras, em casa, nesta quarta-feira, às 21h30.
A partida é válida pela 24ª rodada da competição e será determinante para as pretensões santistas. O clube está em busca do título brasileiro e terá um confronto direto contra o time da capital.

 

O Palmeiras está na segunda posição da tabela, com 46 pontos, dois a mais que o rival litorâneo. O líder do campeonato é o Flamengo, que soma 49. Tanto o time de São Paulo quanto o do Rio de Janeiro ainda jogam pela 23ª rodada.

 

QUER A VITÓRIA – Apesar da distância para os ponteiros, o técnico do Santos, Jorge Sampaoli, não pensa em algo além da vitória no clássico contra a equipe alviverde. É o que o argentino afirmou após o triunfo diante do Vasco.
Ao comentar o confronto desta quarta-feira com o Palmeiras, ele mostrou confiança no elenco alvinegro:

 

“Jogamos pelos três pontos. Temos que buscar o jogo”.

 

MUITOS DESFALQUES – O comandante praiano precisará superar desfalques no clássico. Além da certeza de três convocados (Soteldo na Venezuela, Derlis González no Paraguai e Felipe Jonatan na seleção olímpica), Evandro foi expulso contra o Vasco e está suspenso.

 

Sampaoli, porém, promete um Santos ofensivo. “Temos ausências pela data Fifa, mas estou convencido de que o time vai brigar, como fez contra Grêmio e Flamengo”, projetou o técnico.

 

CALDEIRÃO – O treinador do Santos também aposta no fator casa para vencer o concorrente direto ao título nacional. “A Vila certamente será um caldeirão e que a torcida nos ajude a fazer um grande jogo”, completou o argentino. As informações são do FI.

 

_
Portal WSCOM