menu

Política

18/02/2013


Cartaxo defende políticas diferenciadas

ENCONTRO de gestores

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PT), defendeu a concretização de políticas públicas diferenciadas para os municípios de grande, médio e pequeno porte da Paraíba. Ele concedeu entrevista durante o início do Encontro Paraibano de Prefeitos, realizado pelo Governo do Estado, com apoio da Federação das Associações dos Municípios da Paraíba (Famup), na manhã desta segunda-feira (18), no Hotel Tambaú, na Capital.

De acordo com Luciano Cartaxo, o encontro é importante para que os gestores possam conhecer as propostas do Governo do Estado para formulação de parcerias com os municípios. Segundo ele, é importante que essas ações sejam diferenciadas e que atendam a realidade de cada um dos 223 municípios do Estado.

“Temos municípios na Paraíba com tamanhos e realidades diferenciadas, portanto, nós esperamos que as propostas sejam dentro dessa linha. A presidenta Dilma [Roussef – PT], por exemplo, quando reuniu os prefeitos no final de janeiro, ela definiu uma política bem elaborada para as grandes, médias e pequenas cidades, pois, são necessidades diferenciadas, e contemplou todos os municípios com propostas objetivas e é isso que estamos esperando desse encontro”, disse Cartaxo.

Parcerias com os municípios da Região Metropolitana

O prefeito Luciano Cartaxo ainda afirmou que vai procurar os gestores dos demais municípios que compõem a Região Metropolitana de João Pessoa. Segundo ele, é fundamental a elaboração de parcerias para resolver problemas em várias áreas, a exemplo da saúde, transporte público, segurança pública e turismo.

“Sem dúvida alguma essa é uma das nossas prioridades. Vamos nos reunir com os demais prefeitos para tratar de questões essenciais, a exemplo da saúde, que é uma realidade e que precisamos buscar uma solução conjunta. Para se ter uma ideia, apenas uma ou duas cidades da região metropolitana têm maternidade. Então, isso reflete diretamente na grande procura pela Maternidade Cândida Vargas, em João Pessoa”, argumentou Cartaxo.

“A questão do transporte coletivo é a mesma coisa, precisamos debater essa situação, além da segurança pública, que não é de responsabilidade dos municípios, mas é necessário que a gente possa colaborar com políticas estruturantes em relação a região metropolitana. Também precisamos olhar para o nosso turismo, pois, estamos próximos de grandes eventos, a exemplo da Copa das Confederações”, concluiu.