menu

Futebol

22/08/2019


Bruno Henrique decide, e Flamengo constrói boa vantagem sobre o Inter

Atacante marca duas vezes no segundo tempo e comanda vitória no Maracanã lotado. Rubro-negros podem perder por um gol de diferença no Beira-Rio para avançar à semifinal.

Com Gersón atrás, Bruno Henrique corre para comemorar o gol contra o Internacional (Foto: André Durão)

A fase de Bruno Henrique segue espetacular. Convocado por Tite para a Seleção e decisivo no último clássico contra o Vasco, o atacante encheu de alegria a torcida do Flamengo que lotou o Maracanã nesta quarta-feira. Com dois gols no segundo tempo, ele foi fundamental para que a equipe vencesse o Internacional por 2 a 0 e construísse ótima vantagem nas quartas de final da Libertadores.

Na volta, na próxima semana, no Beira-Rio, os rubro-negros podem até perder por um gol de diferença para avançar à semifinal (se balançarem a rede, podem perder por até dois).

O JOGO

O Flamengo foi superior durante todo o tempo, e encerrou a partida com 70% da posse de bola. O Internacional dava poucos espaços, e apenas no fim do primeiro tempo levou susto: Everton Ribeiro achou Gabigol em boa posição na área, mas Rodrigo Moledo conseguiu bloquear. Na volta do intervalo, Jorge Jesus colocou Gerson no lugar de Arrascaeta e melhorou o time.

Os colorados cederam mais espaços, e Bruno Henrique abriu o placar aos 29, após bom passe de Gerson. Pouco depois, o Flamengo aproveitou o baque sentido pelo rival e o camisa 27 apareceu de novo, desta vez se livrando de Víctor Cuesta para colocar no canto de Lomba. Com o placar construído, cada time ainda teria sua chance perdida para lamentar…

“AH, SE AQUELA BOLA ENTRA…”

Este pode ser o pensamento de muitos torcedores, tanto rubro-negros quanto colorados. Perto do fim, Gabigol e Nico López tiveram chances para mudar a história do jogo. Primeiro, o atacante do Flamengo recebeu de Bruno Henrique sem goleiro e furou com o gol aberto. Depois, o do Internacional aproveitou vacilo de Pablo Marí, invadiu a área com certa liberdade e errou o alvo, jogando perto da trave esquerda de Diego Alves. Gritos de gol entalados dos dois lados, e 2 a 0 mantido a favor dos mandantes. Veja os lances abaixo:

A SURPRESA DE JORGE JESUS

Fora da lista de relacionados divulgada na véspera, Gabigol começou entre os titulares no Maracanã, para a alegria dos torcedores rubro-negros. Foi dele o passe para o segundo gol de Bruno Henrique. O camisa 9 perdeu uma boa chance na furada sem goleiro e finalizou apenas uma vez no jogo.

TEVE VAR (MAS NADA MUDOU)

Em jogo com temperatura elevada e muita reclamação por parte dos jogadores, o árbitro foi ao monitor apenas uma vez para analisar um pedido de toque de mão de Rodrigo Caio. Guerrero chutou na área, a bola pegou na coxa do zagueiro e subiu para o braço. Roberto Tobar revisou e manteve a decisão de campo: nada a marcar.


Por Globoesporte.com