menu

Futebol

17/08/2019


Botafogo-PB perde para o Náutico no Almeidão, e precisa de um milagre para avançar na Série C

O Botafogo-PB não conseguiu fazer o dever de casa e perdeu por 1 a 0 para o Náutico diante da sua torcida, no início da noite deste sábado (17), no Estádio Almeidão, em João Pessoa. O mal resultado complicou de vez a situação do Belo na Série C do Campeonato Brasileiro.

O Botafogo segue com 24 pontos consolidados na tabela, ocupando a sexta colocação, e precisa de um milagre para avançar de fase na última rodada. A equipe tem que vencer o Treze no Almeidão e contar com uma combinação de resultados. A derrota breca uma série de duas vitórias seguidas do Belo.

Já o Náutico, que precisava apenas de um empate para avançar para a segunda fase da Série C do Brasileiro, fez mais do que necessário e venceu o Botafogo. Álvaro fez o gol da vitória. O Timbu soma agora 30 pontos e é o segundo clube do Grupo A classificado, além do Sampaio Correa-MA.

O JOGO

Antes dos cinco minutos, o Náutico criou duas grandes chances. A primeira com Rafael Oliveira que chutou de fora da área, mas a bola subiu. Aos cinco, Saulo salvou o Botafogo em lance com Álvaro.

Aos vinte, Saulo apareceu novamente no jogo e fez uma linda defesa, após cabeçada de Matheus Carvalho.

O Botafogo foi chegar com perigo aos 34 minutos. Clayton bateu de fora da área e a bola passou perto. O Náutico iniciou bem o jogo, mas o Botafogo equilibrou no final.

SEGUNDA ETAPA

O Botafogo voltou do intervalo com Elvinho no lugar de Marcos Aurelio. Logo aos dez minutos, o Belo quase abriu o marcador. Serginho cobrou falta com categoria e Jefferson fez boa defesa.

O Botafogo pressionava o Náutico no início do segundo tempo. Mas quem abriu o marcador foi o Timbu, aos 18 minutos. Após lateral cobrado na área, a bola quicou, enganou a zaga do Botafogo e Alvaro aproveitou para tocar de cabeça e encobrir Saulo: 1 a 0 Náutico.

O Botafogo respondeu dois minutos depois. Felipe Alves empatou, mas o árbitro assinalou impedimento.

O Belo partiu para o ataque para buscar o empate e O Náutico apostava nos contra-ataques. Aos 33, o time paraibano quase empatou com Clayson, mas Jefferson fez outra grande defesa. Quatro minutos depois, Clayton tentou de novo, mas chutou por cima. Pressão total para cima do Timbu.

Dois minutos antes do final, novamente Clayton arriscou de fora da aera, mas a bola saiu por cima do gol.

PRÓXIMOS JOGOS

O Náutico, na última rodada da primeira fase, faz o clássico contra o Santa Cruz, nos Aflitos. O Botafogo encara o Treze, no Almeidão.


Portal WSCOM com AFI