menu

Esporte

06/10/2019


Botafogo e Fluminense duelam em jogo com crise dos dois lados; veja

Clássico será o primeiro jogo de Marcão no comando do Flu após ter sido efetivado.

Imagem ilustrativa

O clássico entre Botafogo e Fluminense deste domingo promete muita pressão para os dois lados, que vivem momentos desesperadores na disputa do Brasileirão. Com crise para dar e vender, os dois rivais se enfrentam a partir das 16 horas, no Engenhão.

 

O Fluminense está pior colocado na tabela, com 22 pontos, na boca da zona de rebaixamento, em décimo sexto lugar, mas venceu o Grêmio por 2 a 1 na rodada e ganhou novo fôlego. Até por isso, o até interino Marcão foi efetivado como treinador. O Botafogo está cinco pontos acima, em décimo segundo lugar, com 27 pontos, e vem de três derrotas seguidas.

 

COBRANÇA – As três derrotas consecutivas no Campeonato Brasileiro fizeram a torcida do Botafogo utilizar a semana para protestos antes do clássico. Depois da invasão do treino na quarta-feira, um grupo de cerca de 30 torcedores foi até a sede de General Severiano nesta sexta à tarde para cobrar os dirigentes, mas não encontrou nenhum integrante da diretoria.

 

Estes insatisfeitos botafoguenses tiveram acesso ao local liberado, mas não havia nenhum representante do clube para ouvi-los. Enquanto isso, a equipe treinava no Engenhão visando o duelo de domingo.

 

Além dos cartolas, o técnico Eduardo Barroca está pressionado, pois também foi alvo de pichações na sede após a derrota para o Fortaleza na segunda-feira, precisou conversar com torcedores na invasão ao Engenhão na quarta e sabe que um novo revés no clássico pode ser decisivo para motivar a sua demissão. Desde que assumiu a equipe, ele acumula 12 vitórias, cinco empates e 16 derrotas, um aproveitamento de 41%.

 

EFETIVADO – Depois de uma manhã que ficou marcada no Fluminense pela homenagem ao Altair, ídolo tricolor que faleceu em agosto e teve o seu nome fixado em uma placa para batizar um dos campos do CT do time carioca, a direção do clube anunciou, no início da tarde de sexta-feira, que Marcão foi efetivado como técnico da equipe para a continuidade deste Brasileirão.

 

Ele vinha ocupando o cargo como interino após a demissão de Oswaldo de Oliveira, ocorrida no dia 27 de setembro, e agora foi confirmado no posto de forma definitiva. A decisão do clube foi oficializada após o elenco comandado por Marcão realizar o penúltimo treino antes do clássico.

 

“O Marcão é o treinador do Fluminense, dará seguimento no Campeonato Brasileiro. Ele será técnico do Fluminense enquanto entendermos que ele deva ser. Enquanto der certo, e nós entendemos que dará. O Fluminense não está procurando treinador. Desde a saída do Oswaldo, nunca procurou. Nossa ideia é ter o Marcão como treinador”, anunciou Paulo Angioni, diretor executivo do clube, em uma entrevista coletiva que também contou com participação do presidente Mário Bittencourt.