Publicidade
Saída de Wellington Roberto do Governo é um alerta ou sinal de perigo nesta fase

Durante os últimos cinco dias, a cena política paraibana se viu vitaminada de fatos. O mais importante deles foi a decisão do senador José Maranhão de ser candidato ao Governo criando muitas dificuldades para a pretensão de Luciano Cartaxo.

Neste contexto geral, um outro fato singular representativo foi a saída do deputado federal Wellington Roberto do Governo do Estado. Não implica em ir para a base de Luciano, muito pelo contrário, entretanto é um sinal ruim para a base governista.

Wellington anda chateado com o tratamento recebido. Ele não revela nada a ninguém, mas está decidido a seguir na carreira solo e isto não é bom para a pretensão de João Azevedo porque é um desfalque expressivo. Entre 20 e 35 prefeituras - dizem.

Neste novo panorama quem mais pode se beneficiar é o senador José Maranhão, que já conversou com o líder do PR.

Trocando em miúdos, como se diz lá na Torre tem "boi na linha".

UMAS & OUTRAS

...Há quem diga que WR queria o lugar oferecido a Veneziano Vital.

...O presidente da Câmara de João Pessoa, Marcos Vinicius, não vê a hora de retomar as atividades legislativas. Voltará recauchutado.

...O Secretário de Planejamento, Waldson Souza, se transformou em o novo Lombardi. Ninguém vê mas sua voz é ouvida nas negociações políticas. E outras.

...O líder do Governo, Hervázio Bezerra, ampliou suas asas. Foi visto sobrevoando Itaporanga.

...Voltou a ser boa a relação do vereador Marmuthe e Luciano Cartaxo.

...O Tribunal de Justiça precisa usar de suas prerrogativas e voltar à normalidade em Bayeux depois de esclarecida toda a armação contra o prefeito Berg Lima.

...O engenheiro Antonio Aragão assumirá festivamente o CREA PB na próxima semana.
 

09/01/2018 as 19:41