menu

Política

25/08/2019


Blog do WS analisa ranking de investimentos na cultura com JP fora das 50 cidades

Celebração termina em 5 de agosto, dia do aniversário de João Pessoa. (Foto: Rafael Passos/PMJP)

O jornalista, analista político e multimídia Walter santos faz uma análise sobre os investimentos em cultura na cidade João Pessoa após a publicação de matéria pelo jornal Folha de São Paulo com um levantamento trazendo os números das despesas por municípios e estados em investimento cultural.

 

Leia o texto:

 

Por que João Pessoa está fora do ranking de investimentos em Cultura? É o que diz FSP

 

Domingo de agosto a expor desgosto diante de uma constatação apresentada ao país por ampla reportagem na Folha de São Paulo pontuando que os maiores investimentos em Cultura nos últimos anos vêm dos municípios, depois os estados deixando a União em última posição.

 

Neste levantamento, a cidade de João Pessoa sequer pontua entre as 50 principais ambiências geográficas municipais, o que faz indagar qual a causa do pouco investimento numa cidade extremamente cultural em todos níveis de habilidade artística.

 

No plano dos Estados, segundo a FSP, a Paraíba se apresenta em 23º lugar – bem merecendo ampliar também o raio de investimentos porquanto dispomos de uma promoção qualificada nas diversas regiões.

 

INVESTIMENTOS NO FUTURO

 

Tanto o governo do Estado, quanto a cidade de João Pessoa precisam levar em conta que o segmento cultural precisa, urgente, tratar da cultura também pelo viés da Economia Criativa, onde além de tantos segmentos importantes perdura a necessidade premente de investimentos públicos em sintonia com instituições e empresas privadas no Centro Histórico de João Pessoa.

 

Recife e Florianópolis no Brasil e Lisboa na Europa,além de Budapeste na Hungria, provam que há imenso espaço a ser preenchido com TI alinhada com Cultura pelo viés da economia criativa.

 

E então , quem se habilita ao novo processo de desenvolvimento em tempos de indústria 4.0.