menu

Música

22/03/2013


Azeitona do Trombone e Pretto Neto

Sabadinho bom

 O projeto Sabadinho Bom, neste sábado (22), terá como atrações o músico Azeitona do Trombone e o sambista Pretto Neto. Os shows começam a partir das 12h deste sábado (23), na Praça Rio Branco, Centro. A iniciativa é realizada pela Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope).

Gilvando Pereira da Silva, conhecido artisticamente como Azeitona do Trombone, é membro do premiado Quarteto de Trombones da Paraíba. Ele é bacharel pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB), onde estudou com os músicos Radegundis Feitosa e Sandoval de Oliveira. Atualmente, é professor de trombone na Escola de Música da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

Azeitona chegou a exercer a função de trombonista titular na Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba, de 1989 a 1994, e na Sinfônica da Paraíba, de 1994 a 1998. É sócio fundador da Associação Brasileira de Trombonistas (ABT) e representante regional da entidade. Participou do Festival Internacional de Trombones 2002 na University of North, Texas (EUA), promovida pelo Internacional Trombone Association(ITA).

O samba de Pretto Neto – A segunda apresentação do ‘Sabadinho Bom’ é do sambista pessoense Pretto Neto. A proposta do artista é levar à Praça Rio Branco muito samba. Para isso, ele usa criatividade e dá uma nova roupagem as músicas que originalmente foram gravadas como MPB, regional nordestina ou outros estilos.

No repertório, Pretto Neto apresenta músicas como “O Canto das Três Raças” (Paulo César Pinheiro e Mauro Duarte), que fez sucesso na voz Clara Nunes. Ele ainda homenageia compositores paraibanos como Jackson do Pandeiro, com “A Ordem é Samba”, composta juntamente com Gordurinha, além de Sivuca ao cantar “Feira de Mangai”.

Neste sábado (23), Pretto Neto estará acompanhado pelos músicos Daniel do Pandeiro (pandeiro), Té do Cavaco (cavaquinho), Rodolfo (guitarra), Alisson (tantan), Boca (bateria), Pretto Neto (vocal), Jeferson (violão de sete cordas) e Roliço (surdo). “Para mim é uma honra mostrar meu trabalho em um espaço voltado à boa música. Incluir samba no ‘Sabadinho Bom’ representa uma oportunidade para muito artista de João Pessoa que já desenvolve esse trabalho há tempo”, afirmou Pretto Neto.