ASA-AL e Campinense fazem jogo decisivo pelo Grupo A7 da Série D

0
8
Reprodução da internet

Pressionado por duas derrotas consecutivas e a eliminação da Copa do Nordeste 2020, o Campinense entra em campo logo mais, às 16h, no estádio Coaracy da Mata, em Arapiraca, para enfrentar o ASA numa verdadeira decisão antecipada, mesmo que a partida tenha validade “apenas” pela terceira rodada do Grupo A-7 da Série D.

 

É que Raposa e Fantasma alagoano dividem a segunda colocação da chave, com três pontos em dois jogos, e se enfrentam nas próximas duas rodadas, com uma grande possibilidade do líder Jacuipense (seis pontos) disparar na tábua de classificação.

 

Para o duelo deste sábado, o Rubro-Negro já não vai contar com o comando de Francisco Diá, que finalmente entregou o cargo após a derrota do meio de semana para o Náutico, nos Aflitos.

 

Romildo Freire, auxiliar técnico alçado a treinador interino, permaneceu no Recife com a equipe na quinta-feira e ontem, sendo o responsável pela preparação raposeira para o importante duelo com o ASA.

 

Ele terá uma novidade no elenco. Recém contratado, o centroavante Flávio Carioca, de 30 anos, ex-Anapolina e América de Natal, está regularizado e apto para estrear.

 

Essa é a primeira vez que ASA e Campinense se reencontram em jogos oficiais após a histórica decisão da Copa do Nordeste de 2013, quando o Rubro-Negro levou a taça vencendo as duas partidas.

 

ASA

 

Comandado pelo experiente Nedo Xavier, o ASA chega para a partida embalado pelo triunfo, em casa, na semana passada, contra o Vitória das Tabocas.

 

Um dos principais jogadores da equipe arapiraquense é o meia André Beleza, que disputou o Campeonato Paraibano pelo Sousa.

 

Arbitragem

 

Diego Silva, de Sergipe, apita ASA x Campinense. Ele terá as assistências dos também sergipanos Daniel Vidal Pimentel e Vanessa Santos Azevedo. José Reinaldo Figueiredo da Silva Filho, de Alagoas, é o quarto árbitro.

 

Escalações

 

ASA: Marcão; Marcelo, Salazar, Luiz Eduardo,Foguinho; Caio César, Júnior, Dinda, André Beleza (Natan); Thauan e Alef Manga. Técncio: Nedo Xavier.

 

Campinense: Wagner Coradin, Gustavo, Henrique Mattos, Richardson, João Victor; Ferreira, Negretti, Gabriel, Alex Mineiro; Warlei e Lopeu. Técnico: Romildo Freire (interino).

 

 

Com informações Voz da Torcida 
Portal WSCOM