menu

Política

09/07/2019


Após PSB fechar questão contra reforma, Ricardo diz que partido não poderia ‘aceitar retrocesso’

ricardo coutinho

 O ex-governador da Paraíba Ricardo Coutinho comentou, nesta terça-feira (9), a decisão do PSB de fechar questão contra a proposta de reforma da Previdência que deve ser votada no Câmara dos Deputados em breve.

 Segundo o político, atual presidente da Fundação João Mangabeira, o PSB não poderia votar favorável ‘ao retrocesso’.

 “Não podemos, enquanto partido, aceitar este retrocesso da forma como está posto”, disse Coutinho.

 Ele salientou ainda que o problema do país não seria a previdência, mas a crise econômica, que faz com que trabalhadores desempregados não possam contribuir com as aposentadorias.

 “Acredito que o problema do Brasil não é a previdência, mas sim a economia. Temos 14 milhões de desempregados e milhares de trabalhadores informais que não contribuem com a previdência”, defendeu.

Por Redação / Portal WSCOM