menu

Esporte

17/07/2019


Após parada cardíaca, Biro Biro deve ter alta na quinta e vai ficar afastado por 15 dias

Foto: Divulgação

O atacante Biro Biro passa bem na clínica da zona sul, onde se internou nessa terça-feira, após desmaiar no treino do Botafogo. Ele passou por novos exames nesta quarta e tem possibilidade de alta amanhã (quinta). O cardiologista Eduardo Saad, que acompanha o jogador, disse que vai fazer novo estudo eletrofisiológico em 15 dias para investigar a razão da síncope sentida pelo atleta – nome técnico para perda momentânea de consciência.

Neste período, o jogador do Botafogo vai ficar afastado das atividades profissionais.

Eduardo Saad médico Biro Biro Botafogo — Foto: Emanuelle Ribeiro

Eduardo Saad médico Biro Biro Botafogo — Foto: Emanuelle Ribeiro

– No exame de sangue, assim que ele chegou no hospital ontem (terça), apareceu que uma enzima no coração estava elevada. Hoje, estava mais ainda. Não quero manipular o coração dele desse jeito. Tem que esperar baixar para então fazermos este novo estudo eletrofisiológico. Vamos esperar uns 15 dias, ir monitorando, para submetê-lo a esse procedimento. Por enquanto ele começou medicação específica e vai ficar em observação até amanhã. Se estiver tudo bem, pode ser liberado do hospital – disse o cardiologista Eduardo Saad.

Paradas cardíacas?

Saad fez a ablação – procedimento para tratamento de arritmias cardíacas, com manipulação por meio de cateteres – no ano passado. “De acordo com esse estudo, vamos decidir pela ablação”, explicou o cardiologista, que esteve pela manhã com Biro Biro (“ele está muito bem”, contou).

– A suspeita ainda é de arritmia cardíaca, o que ainda não apareceu em nenhum exame. Fizemos mais uma ressonância, para pesquisar as causas desses desmaios, mas não tem nada encontrado ainda. Hoje, ele tem uma síncope a esclarecer. Ainda não está clara a razão dela – afirmou Saad.

Questionado sobre o relato de Joel Carli, zagueiro do Botafogo, que contou ter presenciado duas paradas cardíacas do atleta, o cardiologista não descartou:

– Não é impossível, mas é um diagnóstico que estamos tentando incluir ou excluir. O que ele teve é o que muita gente tem, são extra-sístoles, uma arritmia benigna isolada – explicou o médico, que operou esta arritmia no ano passado.

Botafogo divulgou boletim médico na tarde desta quarta-feira:

“O Botafogo informa que o atleta Biro Biro segue sob cuidados médicos na Clínica São Vicente da Gávea, de excelente condução no caso, e realiza exames. A ressonância cardíaca não apresentou alterações expressivas, segundo o Doutor Eduardo Saad, cardiologista que acompanha o caso de perto.

O atleta, que deverá ter alta nos próximos dias, segue em repouso e em 15 dias será submetido a estudo eletrofisiológico para elucidação diagnóstica. Biro Biro está tranquilo, ao lado de seus familiares e com o apoio do clube”.

Globo Esporte