menu

Paraíba

31/05/2019


ALPB homenageia AeC por sete anos na Paraíba, e fundador anuncia que novas vagas serão abertas

 

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) realizou, nesta sexta-feira (31), sessão especial em comemoração aos sete anos da instalação da empresa de telemarketing AeC na Paraíba. A solenidade, proposta pelo deputado Wilson Filho (PTB), homenageou diretores e um dos fundadores da empresa, que emprega atualmente quase 6 mil pessoas no Estado em duas unidades, uma em Campina Grande, onde se instalou primeiramente, e outra em João Pessoa.

“As pesquisas de antigamente diziam que, em qualquer cidade, os principais desafios e problemas da cidade e as respostas eram saúde, depois lá atrás era segurança e bem lá atrás era emprego. Qualquer pesquisa que façamos hoje, infelizmente, a falta de emprego passou a ser a principal dificuldade, o principal desafio da gestão. Por isso, eu gostaria de parabenizar e foi justamente, por este motivo, pelo grande número desempregados, que construímos este requerimento”, comentou Wilson Filho.

O Governo do Estado foi representado pelo secretário de Turismo e do Desenvolvimento Econômico, Gustavo Feliciano, que ressaltou o papel do ex-secretário da pasta que atualmente ocupa, Marcos Procópio, no sentido de fazer a articulação necessária para que a empresa se instalasse no Estado.

“Gostaria de fazer uma menção honrosa a um paraibano, um personagem importantíssimo na atração dessa empresa para o Estado da Paraíba. Há sete anos atrás quando essa empresa se implantou aqui, o secretário Executivo da pasta que eu ocupo agora, srº Marcos Procópio teve um papel brilhante e se empenhou na interlocução para a atração desta empresa.

O diretor de Recursos Humanos da AeC, Warney Araújo, destacou o perfil agregador da empresa e garantiu que qualquer tipo de intolerância e preconceito é terminantemente proibido na empresa.

“Valorizar e respeitar a diversidade é um dos nossos valores. Nós temos na empresa um programa Diversifica AeC, onde a gente congrega todas as políticas de diversidade e, de fato, não temos a menor distinção de raça, credo, estado, gênero e absolutamente nada. A gente permite, por exemplo, que a pessoa use o nome social no crachá sem o menor problema”, salientou.

Representando a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), o vice-prefeito Manoel Junior (Solidariedade) falou sobre a importância da cidadania como um dos valores principais da empresa.

“Essa honraria é, sem dúvida nenhuma, meritória, merecedora porque essa empresa que não só gera empregos, mas garante cidadania, diversidade e acolhe as diferenças, as unindo de uma forma igual”, avaliou o vice-prefeito.

O acionista da empresa Antonio Guilherme Noronha Luz, um dos fundadores da empresa e o ‘A’ do AeC, explicou a escolha da Paraíba para a instalação da empresa que teve a sua gênese em Minas Gerais e adiantou que novas postos de trabalho serão abertos nos próximos dias em João Pessoa com a adesão de uma instituição financeira aos serviços da empresa. Ele garantiu que serão pelo menos mil novos empregos neste ano, com a expectativa de mais mil vagas em caso de novos acordos da empresa.

“A gente pensou que tínhamos que expandir para outras regiões. E eu te falo que o Estado da Paraíba não foi o primeiro. A gente chegou em outros estados, mas o que fez a diferença aqui foi o envolvimento das pessoas que decidiam aqui. A classe política estava envolvida em fazer as coisas acontecerem. E não foi a primeira cidade que a gente chegou. A gente foi em Campina Grande e a gente viu que as pessoas queriam trazer, gerar emprego e fazer as coisas acontecer”, comentou.

Foram homenageados com placas, na ocasião, além de Warney Araújo e Antonio Guilherme, Celso Mateus Ramiro, diretor de operações, e João Juntolli, diretor jurídico. O evento contou ainda com representantes da Prefeitura de Campina Grande, sob a pessoa de Bruno Cunha Lima, chefe de gabinete do prefeito Romero Rodrigues; com a presença do deputado federal Wilson Santiago (PTB); dos deputados estaduais Adriano Galdino (PSB), Cabo Gilberto (PSL) e Júnior Araújo (Avante); do secretário Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-JP), Helton Renê, além de representantes de diversas entidades.