Notícias

DEM quer ficar no ‘centro’ entre Bolsonaro e Lula, diz Efraim Filho

“O que se vê é um discurso polarizado", disse

O líder do Democratas na Câmara Federal, deputado paraibano Efraim Filho revelou que a alteração estatutária no partido visa reposicionar a legenda no espectro ideológico.

“O que se vê é um discurso polarizado. O [deputado Jair] Bolsonaro representa uma extrema direita. O [ex-presidente] Lula, a esquerda e fica essa lacuna no centro a ser preenchida e que pode ser preenchida por nós”, avalia.

Apesar de haver internamente no Democratas uma discussão sobre a troca do nome, a mudança é tratada, neste momento, como algo secundário.

A prioridade, segundo o senador José Agripino (DEM-RN), que preside o partido, é reformular o estatuto. O objetivo é atrair parlamentares de outras siglas.
“Isso dará uma oxigenação. Existe uma dissidência do PSB por insatisfação com a direção do partido. Estamos conversando”, diz Agripino.
 

Da Redação com G1


notícias relacionadas