Notícias

Executiva Nacional descarta intervenção no PT da Paraíba e estranha reação de Ba

Paulo Frateschi disse que o PT da Capital não deve se meter no processo de Campina Grande

O secretário nacional de organização do Partido dos Trabalhadores, Paulo Frateschi, descartou de forma enfática qualquer possibilidade de intervenção no diretório estadual do partido na Paraíba, como pede o diretório de João Pessoa em resolução aprovada ontem. “Não tem nenhuma possibilidade, pelo menos até agora, a não ser que tenha algum fato novo e grave, o que não acredito que ocorra”, afirmou o petista.

Frateschi também estranhou a posição do presidente do diretório de João Pessoa, Antônio Barbosa, em querer protestar contra o processo de escolha de tática eleitoral em Campina Grande. “O quê que tem haver o diretório de João Pessoa com o processo de Campina Grande, se fosse um filiado de Campina, mas não é”, destacou.

O secretário disse ainda que acompanhou de forma presencial o processo em João Pessoa e a distância em Campina Grande e não viu nenhuma irregularidade nos encontros que definiram candidatura própria em João Pessoa e aliança com o PP em Campina.

Para Paulo, o posicionamento do presidente do PT em João Pessoa, é prejudicial ao partido. “Esse posicionamento o descredencia”, enfatizou.



 


notícias relacionadas