Notícias

Polícia divulga nome de acusado de matar jovem em praça do Bessa

Ariemson se envolveu numa discussão, sendo morto a facadas por um dos envolvidos

Luzenildo de Souza Rocha, 25 anos. Este é o nome do jovem preso em flagrante acusado de ter assassinado o estudante Ariemson de Santana Batista, 20 anos, que morreu no início da madrugada desta terça-feira, 17, na sala de emergência do hospital de Emergência e Trauma. Ele sofreu disparos de arma de fogo nas costas, braço direito, além de várias golpes de faca pelo corpo na praça do Caju, no bairro do Bessa, em João Pessoa. A vítima era enteado de um policial militar do 5º BPM.

Tudo começou, segundo levantamento feito pela polícia, no final da noite de ontem quando o jovem estava na praça do Caju e se envolveu numa discussão. Ariemson que estava com um revólver, foi desarmado e em seguida sofrido os disparos e esfaqueado por um dos envolvidos na discussão.

A polícia tomou conhecimento do caso, realizou diligências e conseguiu localizar o suspeito pelo crime. Ele ainda não teve o nome revelado, mas teria dito que agiu em legítima defesa.

O acusado foi preso em flagrante por uma guarnição da PM, sob o comando do capitão Márcio. O oficial informou que realizava rondas pelo bairro do Bessa quando escutou disparos de arma de fogo e ao chegar no local encontrou dois homens agredido Ariemson.

Enquanto era providenciado o socorro ao estudante, o capitão Márcio saiu em diligência com outras guarnições, até a localização de Luzenildo que ainda estava com a arma do crime. Ele foi levado para a Delegacia de Homicidios e apresentado ao delegado Pedro Ivo.

Luzenildo disse que apenas se defendeu, revelando que existia uma rixa antiga com a vítima, pois Ariemson já havia tentado lhe esfaquear e também agredido a sua mãe com um tapa no rosto.

 


notícias relacionadas