Notícias

Duplo homicídio: uma das vítimas pode ter sido confundido como traficante

Os dois jovens estavam numa moto quando foram surpreendidos e asasssinados

Corpos de Wagner e Cezar ficaram juntos a moto (Aguinaldo Mota)
A disputa pelo comando do tráfico de drogas na região de Mandacaru provocou o assassinato de duas pessoas. As vítimas foram José Wagner Pereira de Oliveira, 30 anos e Cezar Augusto Alexandre da Silva, de 29 anos. Ambos residiam na comunidade Alto do Céu, naquele bairro.

O delegado Pedro Ivo, plantonista da Delegacia de homicídios, esteve no local e tomou conhecimento que no final da noite de sábado, 29, os dois rapazes trafegavam na rua Felipe dos Santos, conhecida por “beco de Zé Borges” numa moto Fan vermelha, placa OEU-619-PB quando apareceram uma dupla de moto e já foram atirando.

Uma das vítimas pode ter sido morto por engano (Aguinaldo Mota)
Wagner e Cezar Augusto não tiveram tempo de correr e caíram baleados sobre a moto. Os disparos atingiram a cabeça e o tórax das vítimas.

A única informação colhida pelo delegado Pedro Ivo foi que uma das vítimas pode ter sido confundido com o perigoso traficante conhecido como "Veinho" da facção criminosa Estados Unidos que atua no Porto de João Tota.

Familiares dos dois rapazes estiveram no local do duplo homicídio e disseram para o delegado que Wagner e Cezar Augusto não tinham envolvimento com o tráfico de droga. Guarnições da Polícia Militar realizaram diligências, mas até o início da manhã deste domingo, 30, não haviam localizado os bandidos.



notícias relacionadas