Notícias

Walter Santos comenta morte precoce de Pedro Coutinho

Vereador morreu de infarto fulminante

O articulista político e jornalista do WSCOM, Walter Santos, comentou, em artigo publicado na noite desta sexta-feira (19), a morte inesperada do vereador Pedro Alberto Coutinho (PHS), ocorrida enquanto o mesmo jogava futebol com amigos na Vila Olímpica Parahyba, antigo Dede, no Bairro dos Estados. A causa do falecimento foi um infarto fulminante.

Confira:

A precoce partida de Pedro Coutinho

Quem conhece à miúde a vida dos bairros e do Centro de João Pessoa foi sacudido com uma notícia impactante e inesperada com a prematura morte do vereador Pedro Coutinho, dezesseis dias depois do falecimento de sua querida mãe.

Ainda jovem, se comparado à longevidade dos últimos tempos, Pedro Coutinho se vai com a aura de um homem bom, de família tradicional e afeita ao longo da vida ao bem servir.

Não há em lugar algum qualquer fato ou referência a desabonar sua conduta de homem público correto.

MAIORES SÍMBOLOS

Pedro Coutinho passou a vida envolvido em dois símbolos: a história de serviço social herdado do lendário Padre Zé Coutinho com a luta seguida do desembargador Pedro Aurélio Coutinho, da mesma forma que seu amor ao bairro do Roger, da Catedráticos, Onze, Guarany, Diamante, Vital Farias, Waldomiro Ferreira, Tavinho Santos e Fernando Braz.

Torcedor doente do Botafogo, sempre se prestou a ter uma vida política de servir ao próximo. Sua aura sempre foi de conciliação.

Em síntese, a cidade de João Pessoa está de luto e dolorida pela "viagem" eterna ao reino de Deus.
 

Da redação com Blog do WS


notícias relacionadas