Notícias

PT da Paraíba repudia, em nota, postura de Dom Aldo e o acusa de tentar manchar

Diretório Estadual também emitiu nota sobre a fala do Arcebisbo em You Tube

A Executiva do Partido dos Trabalhadores na Paraíba emitiu, há pouco, nota à imprensa de repudio a postura do arcebispo da Paraíba, Dom Aldo Pagoto, que, num vídeo, postado no YouTube, teria acusado o PT de tentar implantar no país uma “ cultura de morte” por ser supostamente favorável ao aborto. O partido critica o comportamento do religioso e diz que o arcebispo extrapolou o bom senso nas suas afirmações contra a legenda, seus filiados e militantes.

No documento, o PT estadual, indignado e bastante constrangido com o fato, ressaltaq que Dom Aldo faz acusações levianas que agridem a consciência democrática do povo brasileiro e que, com certeza, não expressam a opinião da Igreja e nem dos católicos na Paraíba. Ainda na nota, a Executiva destaca que mais uma vez, neste processo eleitoral, o partido tem sido vítima de uma sórdida campanha difamatória, que explora os melhores sentimentos cristãos do povo brasileiro para tentar causar prejuízos eleitorais ao nosso partido e aos nossos candidatos.

A seguir, na íntegra, a nota do PT da Paraíba:

 

Presidência do Diretório Regional do Partido dos Trabalhadores na Paraíba vem a pública emitir a presente nota:

 

O Partido dos Trabalhadores é um partido essencialmente democrático. Forjado na luta contra a ditadura militar, pela democracia e pelos direitos humanos, o PT foi historicamente construído sobre bases participativas e pluralistas, sempre em defesa da construção de uma sociedade livre, humanista e solidária.

Fiel à história do povo brasileiro, o PT é um partido que respeita as diversidades, a livre manifestação da opinião e o pluralismo religioso. Por isso mesmo, sempre conviveram no PT homens e mulheres dos mais diversos credos religiosos, particularmente, cristãos das mais distintas denominações, inclusive muitos católicos participaram da fundação e participam hoje da construção do Partido dos Trabalhadores.

Nestas eleições de 2010, o PT mais uma vez tem sido vítima de uma sórdida campanha difamatória, que explora os melhores sentimentos cristãos do povo brasileiro para tentar causar prejuízos eleitorais ao nosso partido e aos nossos candidatos, a quem interessa tudo isso? O último protagonista desta campanha foi Aldo Pagotto. Fomentando uma intolerância e uma agressividade verbal estranhas à mensagem generosa do cristianismo, Dom Aldo extrapolou o bom senso nas suas afirmações contra o PT, fazendo acusações que agridem a consciência democrática do povo brasileiro e que, temos certeza, não expressam a opinião da Igreja e nem dos católicos na Paraíba, agradecendo desde já as centenas de manifestações dos próprios católicos em solidarizar-se com o PT e contra esta postura.

O governo do presidente Lula elevou o Brasil a um novo patamar de desenvolvimento, com políticas públicas focadas nas camadas mais pobres da sociedade, distribuindo renda e melhorando a condição de vida do povo brasileiro. Desde 2003, milhões de brasileiros saíram da situação de miséria. Estudantes pobres das mais diversas regiões do país passaram a freqüentar os bancos universitários, foram construídas universidades federais e escolas técnicas, e a educação infantil foi incentivada, como direito das crianças e das mães trabalhadoras. Os brasileiros têm mais acesso à casa própria, a geração de empregos formais tem atingido índices que não eram observados no Brasil há décadas, a zona rural tem sido beneficiada com um amplo programa de eletrificação.

Mais ainda, com o Programa Bolsa Família, os brasileiros vêm tendo garantido seu direito humano mais elementar, o direito à alimentação, se inserindo no mercado de consumo e estimulando o crescimento da economia. Baseados na nossa história e na experiência do Governo Lula, vimos a público afirmar que o PT é um partido profundamente comprometido com a vida, e com políticas públicas humanistas, solidárias e democráticas, que promovem os direitos humanos, valores que difundem a cultura da vida e o resgate da família brasileira.

Repudiamos, portanto, esta ação coordenada de forças de direita que visa difamar o PT e provocar prejuízos eleitorais ao nosso partido, à qual ora se associa Aldo Pagoto, trazendo um desserviço à democracia. Chamamos o povo paraibano a repudiar estes falsos acusadores, e se postarem com os que estão do lado do povo, e que lutam para que o Brasil siga mudando para melhor. Pelo Brasil e pela Paraíba, em defesa da democracia e da vida seguiremos sempre em frente.

Paraíba, 12 de Outubro de 2010.

Rodrigo Soares – Presidente do PT / PB


notícias relacionadas