Notícias

CMJP homenageia Madalena Abrantes com medalha e Título de Cidadania

“Madalena Abrantes tem uma imensa e ainda incompleta folha de serviços prestados à Paraíba"

Créditos: Olenildo Nascimento

A galeria e o Plenário “Humberto Lucena” da Câmara Municipal de João Pessoa se tornaram pequenos para o grande número de defensores públicos, autoridades e amigos que prestigiaram a sessão especial em homenagem ao Dia Nacional do Defensor Público e entrega da Medalha Cidade de João Pessoa e do Título de Cidadã Pessoense à defensora pública-geral da Paraíba, Madalena Abrantes. A sessão ocorreu na tarde de quinta-feira (18).

O vereador Bruno Farias (PPS) foi o autor da propositura da medalha, enquanto que Raoni Mendes, ainda como vereador em 2016, propôs o título, que seria entregue pelo vereador Helton Renê (PC do B) mas, devido a morte de um parente, não pode comparecer à sessão. Na tribuna, Raoni, atual secretário do Desenvolvimento Econômico do Governo do Estado, lembrou de alguns momentos da trajetória de vida de Madalena Abrantes e destacou a importância dos relevantes serviços prestados pela defensora pública junto não só à sociedade pessoense, mas também paraibana.

Ele ressaltou que Madalena Abrantes é uma mulher vocacionada, escolhida, para testemunhar eventos de grande repercussão, para anunciar a boa nova na defesa dos mais humildes e para ser protagonista de conquistas em favor da sociedade. Segundo Bruno, a homenageada, que foi a segunda mulher a assumir a Defensoria Pública Geral da Paraíba, chegou ao apogeu de sua carreira como prêmio por um trajetória de vida profissional dedicada à lida jurídica, sempre em defesa da ética, da transparência e da garantia dos direitos sociais e da cidadania à população de baixa renda.

“Madalena Abrantes tem uma imensa e ainda incompleta folha de serviços prestados à Paraíba, demonstrando claramente que sempre foi uma serva da Justiça, cultivando a humilde, a modéstia e alegrias, que sempre foi uma marca de sua personalidade”, declarou Bruno durante o seu discurso. Ele ainda classificou a defensora como uma mulher que vive para fazer o bem e que escolheu a capital para viver, contribuindo com sutileza e com vivacidade para o crescimento da cidade.

O deputado Janduhy Carneiro (Podemos) falou em nome da Assembleia Legislativa da Paraíba. Ele destacou que uma das maiores preocupações da Defensoria Pública, sob o comando de Madalena Abrantes, é levar assistência jurídica até as pessoas que mais necessitam. “É uma mulher destemida, guerreira e a sua trajetória na carreira como defensora pública chegou ao ápice como defensora pública geral", elogiou. Trócolli Júnior (PROS) foi outro deputado que também fez questão de falar sobre a homenageada. “Tenho absoluta certeza de que a Defensoria vai ser cada dia mais forte, mais acessada, porque tem à frente uma pessoa com compromisso e dedicação", comentou.

Representando o prefeito Luciano Cartaxo, o procurador geral adjunto do município, Rodrigo Clemente de Brito, afirmou que as homenagens são mais de que merecidas e representam a valorização de uma defensora pública que te desempenhado um papel importante na luta pela categoria. Para ele, um Estado que valoriza a Defensoria Pública é um Estado que valoriza a Justiça.

Agradecimento emocionado
Emocionada, Madalena agradeceu e dividiu as homenagens com os colegas defensores públicos ativos e aposentados, bem como aos pais José Vitoriano e Benigna Abrantes (in memoriam) que não mediram esforços para permitir-lhe chegar aonde chegou e aos irmãos queridos e sempre presentes, Marcelo Vitoriano, Maria de Fátima e José Vitoriano Filho, seu filho Fernando Abrantes e seu esposo Rodrigo Sávio. Ela considerou o momento um dos mais importantes de sua vida por torná-la de direito uma cidadã pessoense.
 

Da Redação com Assessoria


notícias relacionadas