Notícias

Multidão acompanha o enterro do padre Jerônimo Neto em Santa Luzia

Padre Jerônimo Leopoldino Neto foi encontrado com sinais de enforcamento nesta terça-feira, na Zona Rural de Santa Luzia

Multidão lotou a Igreja Matriz de Santa Luzia (Ronaldo Magella - Sertão 1)
O corpo do padre Jerônimo Leopoldino de Medeiros Neto, que foi encontrado com sinais de enforcamento na tarde desta terça-feira, 27, na Zona Rural de Santa Luzia, foi sepultado sob forte comoção popular por volta das 17 horas desta quarta-feira, 28, na Capela da Esperança na Igreja Matriz do município.

Durante todo o dia, o corpo esteve sendo velado na Igreja do Rosário, localizada no bairro Antônio Bento, em Santa Luzia. A morte do Padre Jerônimo causou grande tristeza entre os fiéis da Região do Vale do Sabugi. Milhares de pessoas, inclusive do estado vizinho do Rio Grande do Norte, foram ao município acompanhar o sepultamento do religioso.

Cortejo percorreu às ruas de Santa Luzia (Ronaldo Magella - Sertão 1)
Por volta das 16 horas, o cortejo saiu pelas ruas da cidade em direção a Igreja Matriz de Santa Luzia, onde foi sepultado. Nas calçadas, pessoas aplaudiam e se emocionavam com a trágica morte do padre, que é natural de Santa Luzia.

ENTENDA

Padre Jerônimo Neto estava desaparecido há mais de uma semana, quando visitou familiares em Santa Luzia, no Vale do Sabugi, sua terra natal. Ele era pároco da igreja de Santo Antônio, em Patos, no Sertão da Paraíba.

Sepultamento do Padre Jerônimo na Capela da Esperança (Ronaldo Magella - Sertão 1)
O corpo do padre Jerônimo foi encontrado por um morador conhecido por Oswaldo, do sítio Vertentes, localizado na Zona Rural do município, por volta das 15h30 desta terça-feira. Segundo o padre Alex, que fez o reconhecimento do corpo, aparentemente Padre Jerônimo teria se suicidado.

Segundo relatos de familiares, padre Jerônimo atravessava, atualmente, uma forte depressão.

O corpo foi levado para o Núcleo de Medicina Legal (Numol) de Campina Grande. O delegado Elcenho Engel está comandando as investigações para confirmar se o caso realmente se trata de suicídio como apontam os indícios.

 


notícias relacionadas