Notícias

Idosa é estuprada e morta por homem em motocicleta

Imagens registram quando homem segura braço da mulher e a arrasta para terreno baldio

 A Polícia Civil faz buscas por um homem suspeito de matar e estuprar uma idosa em Águas Linda de Goiás, no Entorno do Distrito Federal. Segundo a investigação, Maria José da Silva, de 61 anos, foi parada por um motociclista quando caminhava sentido a um ponto de ônibus. Câmeras de segurança registraram a abordagem do criminoso (veja vídeo). Após ser violentada, ela foi assassinada com golpes contundentes na cabeça.

 O crime aconteceu na madrugada de terça-feira (11). As imagens mostram o suspeito passando de moto por uma rua. Ele faz o retorno, pega a faixa paralela e encontra Maria José alguns metros depois. Ele tenta fazê-la parar, mas segue andando. O motociclista, então, para o veículo na frente da idosa, que o contorna e segue a caminhada.

 O homem ainda na moto a acompanha até o momento em que para, segura a vítima pelo braço, desce e a arrasta para um lote baldio, onde, segundo a polícia, cometeu o crime. O horário registrado na câmera é 4h12.

 A imagem flagra ainda quando o suspeito sai do terreno, às 5h17, sobe na moto e vai embora.

 Investigação

 De acordo com o delegado Fernando Gama, responsável pelo caso, o suspeito ainda não foi identificado. “Estamos fazendo buscas na região e já ouvimos algumas testemunhas. Também contamos com a ajuda da população, que pode fazer denúncias de forma anônima", disse ao G1.

 Horas depois do crime, vizinhos do terreno encontraram o corpo de Maria José e acionaram a polícia. Gama afirmou que o exame de corpo de delito constatou que a mulher sofreu abusos e depois foi morta com em decorrência de um traumatismo crânio-encefálico, motivado por pancadas na região da cabeça.

 O delegado afirmou ainda que a bolsa de Maria José foi levada após o assassinato.

 O corpo da idosa foi retirado do Instituto Médico Legal (IML) por familiares na quarta-feira (12).

G1


notícias relacionadas