Zagueiro é agredido após colocar 'virilidade' de rival em xeque - WSCOM

menu

Mais Esporte

06/06/2006


Zagueiro é agredido após colocar

O atacante Héctor Mancilla, do Colo Colo, tenta evitar uma punição severa por ter agredido um zagueiro adversário com um soco alegando que este teria introduzido um dedo em seu ânus, o que teria colocado em xeque sua virilidade

“Agredi porque introduziu o dedo no meu ânus”, disse ao portal Terra chileno o jogador, que possui 12 gols no Torneio Apertura do futebol do país sul-americano e que deverá comparecer nesta terça-feira a uma sessão do Comitê de Disciplina da Associação Nacional de Futebol Profissional por causa do incidente.

A agressão ocorreu no último dia 28, no jogo em que o Colo Colo bateu o Antofagasta por 3 a 0, quando Mancilla, que havia marcado um gol, agrediu o zagueiro adversário Rodrigo Corrales.

O árbitro só apitou falta na ocasião, mas, dias depois, após a divulgação de um vídeo que flagrava a agressão, o tribunal decidiu processar Mancilla, que pode ser punido com até oito jogos de suspensão por causa de sua atitude, tida como injustificável.

“Nunca fui um jogador violento ou polêmico, mas houve uma coisa que me incomodou muito”, disse Mancilla na entrevista. “Bati nele porque introduziu o dedo no meu ânus”, completou, se dizendo arrependido. “Qualquer um reagiria assim”, acrescentou.

“Qualquer homem reagiria como eu, a menos que goste dessa história”, insistiu Mancilla, que chegou este ano ao Colo Colo.

“Eu já pedi desculpas ao Corrales naquela dia, e ele fez o mesmo. Infelizmente isso não é visto nas imagens, e sim minha agressão”, finalizou Mancilla.

Notícias relacionadas