TRT arrecada mais de R$ 7 milhões em leilões - WSCOM

menu

Economia & Negócios

01/06/2006


TRT arrecada mais de R$

Os mega-leilões realizados pelo Tribunal Regional do Trabalho da Paraíba dentro do Projeto Conciliar resultaram em uma arrecadação que superou a marca de R$ 7 milhões.

Ano passado, na primeira versão, o Projeto Arrematar rendeu R$ 1,6 milhões. A meta do TRT para este ano era R$ 3,5 milhões. A hasta pública aconteceu paralelamente em João Pessoa, Campina Grande e Sousa, envolvendo processos de Varas Trabalhistas de outros municípios, a exemplo de Guarabira, Mamanguape, Areia e Monteiro, resultando numa arrecadação total de R$ 7.018.756,00.

Segundo o presidente do TRT, juiz Afrânio Melo, a segunda versão do Projeto Arrematar superou todas as expectativas. “Já é possível afirmar que se desenvolveu a sábia cultura da negociação, bem como a excelência da prestação jurisdicional que se consubstancia na grande meta do Judiciário Trabalhista. Mais uma vez me gratifica o apoio inexcedível dos devotados juízes de Primeira Instância e os aguerridos servidores”, disse.

Os valores arrecadados vão saldar débitos trabalhistas que se acumulavam em processos na fase de execução com dívidas não pagas. Alguns processos foram retirados da pauta do Projeto Arrematar e conciliados entre as partes envolvidas durante o Projeto Conciliar.

Em João Pessoa, o Projeto Arrematar resultou numa arrecadação de R$ 3.087.410,00, pouco menos do que foi arrematado nas 4 Varas do Trabalho de Campina Grande: R$ 3.503.693,00. Guarabira e Mamanguape integraram o pólo de João Pessoa e nesses dois municípios os leilões renderam R$ 427.653,00. Já em Guarabira o volume de arrematação resultou numa arrecadação de R$ 229.540,00 e em Mamanguape, o resultado das arrematações foi de R$ 32.500,00.

Processos da Vara do Trabalho de Areia somaram R$ 38.000,00 em arrematação e da Vara de Monteiro chegou a R$ 61.000,00. Os dois municípios integraram o pólo de Campina Grande. No alto sertão o pólo do Projeto Arrematar se concentrou em Sousa. Lá a arrematação dos bens móveis e imóveis resultou em uma arrecadação de R$ 165.613,00.

Notícias relacionadas