Trinta toneladas de lixo são retiradas do Rio Jaguaribe em primeira etapa de dra - WSCOM

menu

Paraíba

06/06/2006


Trinta toneladas de lixo são

A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) informou que foram retiradas 30 toneladas de lixo do Rio Jaguaribe apenas no trecho entre as avenidas Beira Rio e Epitácio Pessoa. Esta foi a conclusão da equipe que terminou a primeira etapa de dragagem e limpeza da área.

Foram recolhidos resíduos entre vegetação, animais mortos, garrafas e até sofás e cadeiras, o que mostra o desrespeito de algumas pessoas com o meio ambiente.

A segunda etapa do serviço entre a Avenida Rui Carneiro e o Bairro São José foi iniciada na última quinta-feira (1º) pela equipe aquática da Emlur, que utiliza duas máquinas retroescavadeiras. A dragagem está sendo realizada nesta segunda-feira (Dia do Meio Ambiente) e continua durante toda a semana, com objetivo de dessassorear o leito do rio, que, em alguns trechos, possui apenas meio metro de profundidade.

Desde o ano passado, a Prefeitura atua na limpeza e dessassoreamento do rio ao longo dos seus 22 quilômetros de extensão. De acordo com o diretor de Operações da Emlur, Luiz Antônio Gualberto, a limpeza e dragagem do Jaguaribe têm evitado os constantes alagamentos nas comunidades ribeirinhas. “Mas é preciso que a população colabore não jogando lixo e esgotos dentro do rio, caso contrário o fluxo de água será prejudicado e os alagamentos vão acontecer”, alertou.

A estudante Natália Pereira da Silva, 15 anos, disse que, na comunidade São José, é comum ver os próprios moradores jogando lixo dentro do rio. “O pior é que temos que conviver com toda essa sujeira e com alagamentos no período das chuvas. As pessoas jogam o lixo pensando em se livrar de um problema só que ele volta novamente em forma de doenças para as crianças, por exemplo”, disse.

Notícias relacionadas