Saída da Prefeitura foi por discordar da gestão de Cartaxo, afirma Amaranto - WSCOM

menu

Política

01/02/2018


Amaranto justifica saída da PMJP

POLITICA

“Nossa decisão de entregar o cargo que exercíamos na administração municipal de João Pessoa tem a ver com a discordância que temos da forma de gestão conduzida na Prefeitura e pelo tratamento ruim à quem representa os votos que construíram a atual gestão”, declarou Dihêgo Amaranto, na condição de assessor ligado ao senador José Maranhão.


Ele explicou que desde quando do início da gestão, que reclama do nível de tratamento recebido. “Diferente do estilo do senador Maranhão que delega e trata bem os aliados, durante esse tempo nunca tivemos o tratamento devido por parta da Prefeitura e do senhor Prefeito”, afirmou.

Segundo ele, seu afastamento a partir desta data é em caráter irrevogável e já protocolado na administração.

– Agradeço a indicação do meu partido, o PMDB, na pessoa do senador José Maranhão, que tem um histórico de 60 anos de vida pública limpa e honrada, diferent4e de muitos – disse ele.
 

Notícias relacionadas