PPS faz convenção na 2ª; Bala ameaça retirar candidatura se direção aceitar ‘neg - WSCOM

menu

Política

22/06/2006


PPS faz convenção na 2ª;

O Partido Popular Socialista (PPS) faz na próxima segunda-feira a convenção estadual para definir os rumos a ser seguidos nas eleições de outubro. Segundo o candidato a deputado federal Bala Barbosa, há uma tendência da direção do partido em ceder a negociatas propostas pelo PDT, de composição proporcional, que diminuiria a representatividade do PPS no estado.

“Se isso acontecer eu retiro minha candidatura. O partido pode estar se mobilizando para favorecer o PDT, mas falta transparência nessa negociação. Há promessas de cargos para o PPS, que não fará nenhum deputado estadual se fechar essa coligação”, disse.

Bala acrescentou que esta aliança viria a destruir diversas candidaturas. “Com candidatura própria, o PPS pode vir a eleger até três deputados estaduais. Se fizer a composição com o PDT, este partido fará cinco deputados, e nós não faremos nenhum, prejudicando a nossa meta de ultrapassar a cláusula de barreira”, explicou.

A direção nacional do PPS decidiu esta semana não formalizar apoio à candidatura do PSDB à presidência da República, de modo a garantir a representatividade do partido nos estados. Na Paraíba, segundo Bala, houve uma proposta do pré-candidato Cícero Lucena de garantir a segunda suplência ao filiado do PPS Júnior Evangelista. Esta proposta, entretanto, não teria sido levada à consulta do partido.

“Se ele escolhe a pessoa que ele quer para sua suplência, isso não cheira bem. Também não cheira bem essa proporcionalidade em troca de nomeação para cargos importantes”, acrescentou.

Notícias relacionadas