WSCOM Online

Login no site Esqueci minha senha O que é Vozmice?
Busca no site

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Aliquam dapibus leo quis nisl. In lectus. Vivamus consectetuer pede in nisl. Mauris cursus pretium mauris. Suspendisse condimentum mi ac tellus. Pellentesque habitant morbi tristique senectus et netus et malesuada fames ac turpis egestas. Donec sed enim. Ut vel ipsum. Cras consequat velit et justo. Donec mollis, mi at tincidunt vehicula, nisl mi luctus risus, quis scelerisque arcu nibh ac nisi. Sed risus. Curabitur urna. Aliquam vitae nisl. Quisque imperdiet semper justo. Pellentesque nonummy pretium tellus.

Menu de navegação

/ Notícias / Policial

3/13/10 - 10:19 PM - Atualizado em 3/15/10 - 3:04 PM


Pistoleiro mais procurado da Paraíba é preso em sertão após praticar assalto


Um dos pistoleiros mais procurados do Estado, Francisco Cirilo da Silva Neto, de 24 anos, o “Cirilo Torrado”, foi preso no início da tarde deste sábado, 13, na entrada da cidade de São Bento, no Sertão paraibano. Com ele estavam Alexandre Alves de Assis e o Valdinez Dantas da Costa, todos da mesma família.

Torrados (esq) e comparsas

Um dos pistoleiros mais procurados do Estado, Francisco Cirilo da Silva Neto, de 24 anos, o “Cirilo Torrado”, foi preso no início da tarde deste sábado, 13, na entrada da cidade de São Bento, no Sertão paraibano. Com ele estavam Alexandre Alves de Assis e o Valdinez Dantas da Costa, todos da mesma família.

Segundo informações do tenente André Brandão, o grupo comandado pelo pistoleiro havia praticado um assalto no distrito de Maravilha, zona rural de Paulista (PB). Ao tomar do roubo a polícia manteve uma barreira na entrada de São Bento.

Ao avistar os policiais o grupo tentou retornar, mas foi perseguido e preso pela guarnição comandada pelo sargento Guedes. Com os bandidos foram apreendidos um revólver calibre 38 com cinco munições intactas e uma pistola calibre 380 com 20 munições intactas além de duas motos usadas nos roubos.

“Cirilo Torrado” confessou que o grupo iria matar um rapaz por nome de Alex que seria seu rival. O pistoleiro era o principal responsável por roubos de motos, assaltos, sequestros de veículos, e considerado de altíssima periculosidade, com uma infinidade de execuções praticadas por empreitada.

Material apreendido com o grupo

Contra o “Cirilo Torrado” já existia mandado de prisão em aberto desde a operação ‘Rede Marginal’ desencadeada pela Polícia Federal em parceria com o comando da PM de catolé do Rocha que levou pelo menos 23 bandidos para a cadeia, entretanto o perigoso pistoleiro ainda não havia sido preso.

O major Enéas Cunha, comandante do 12º Batalhão, acredita que com a prisão do pistoleiro vários fatos irão ser esclarecidos, e o somatório as penas a ele impostas deverão passar de 100 anos de cadeia.

O grupo foi autuado na delegacia de polícia de São Bento e depois recambiado para o presídio de Catolé do Rocha, onde ficará a disposição da justiça.

Cardoso filho
WSCOM Online







Revista Nordeste

Veja nesta edição: O voto que decidirá as eleições.


Veja no Portal NORDESTE:

Busca no site


© Todos os direitos reservados - Grupo WSCOM de Comunicação - www.wscom.com.br

Produzido por Construir Sites