WSCOM Online

Login no site Esqueci minha senha O que é Vozmice?
Busca no site

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Aliquam dapibus leo quis nisl. In lectus. Vivamus consectetuer pede in nisl. Mauris cursus pretium mauris. Suspendisse condimentum mi ac tellus. Pellentesque habitant morbi tristique senectus et netus et malesuada fames ac turpis egestas. Donec sed enim. Ut vel ipsum. Cras consequat velit et justo. Donec mollis, mi at tincidunt vehicula, nisl mi luctus risus, quis scelerisque arcu nibh ac nisi. Sed risus. Curabitur urna. Aliquam vitae nisl. Quisque imperdiet semper justo. Pellentesque nonummy pretium tellus.

Menu de navegação

/ Notícias / Policial

2/22/13 - 8:00 AM - Atualizado em 2/22/13 - 8:57 AM


Casal é baleado, homem morre, mulher está no Trauma e criança de três anos escapa ilesa


Crime aconteceu na comunidade Beira Molhada no Jardim Veneza

Uma criança de três anos escapou ilesa de um tiroteio na noite desta quinta-feira (21) na Comunidade Beira Molhada, no bairro Jardim Veneza, em João Pessoa. De acordo com a polícia, por volta de 19h30, José Orlando Costa do Rêgo, 24 anos, conversava com Edilene Nascimento Santana, 28 anos, quando dois homens chegaram em uma moto e efetuaram os disparos. Ele foi alvejado por quatro tiros e ela por três, por sorte, a criança que estava nos braços de Edilene não foi atingida. A mulher está no hospital de Emergência e Trauma, onde passou por cirurgia e, segundo informações da assessoria de comunicação, passa bem.

Testemunhas informaram que minutos após o tiroteio, o ex-marido de Edilene, pai da criança, acionou o SAMU e levou o bebê, enquanto a mulher foi socorrida para o Hospital de Emergência Senador Humberto Lucena. No local, profissionais do SAMU constataram que o rapaz foi a óbito

Ainda no local do crime, a atual esposa José Orlando, identificada por Maria da Penha, contou à policia que uma mulher conhecida por Janaína teria feito uma ligação para a vítima o convidando para ir a esse local.

Janaína foi detida para averiguação, mas nega ter feito ligação para a vítima. O celular dela foi confiscado e a delegada Maria das Dores está investigando o caso. Há indícios de que o crime possa ter sido passional.

da redação (Com foto de Aguinaldo Mota)
WSCOM Online







Revista Nordeste

Veja nesta edição: O voto que decidirá as eleições.


Veja no Portal NORDESTE:

Busca no site


© Todos os direitos reservados - Grupo WSCOM de Comunicação - www.wscom.com.br

Produzido por Construir Sites