Polícia prende acusados de envio de vírus na Europa - WSCOM

menu

Internacional

27/06/2006


Polícia prende acusados de envio

Três programadores foram presos no Reino Unido e Finlândia, nesta terça-feira, sob suspeita de estarem envolvidos com um grupo internacional que dissemina vírus por spam, informou a polícia britânica. Os suspeitos são acusados de terem como alvos empresas do Reino Unido desde pelo menos 2005. Autoridades acreditam que milhares de computadores devem ter sido infectados pelo grupo no mundo todo.

A polícia informou que o grupo “altamente organizado”, preso em uma operação conjunta do Reino Unido e Finlândia, é suspeito de programar novos vírus de computadores capazes de evitar softwares de proteção. As autoridades acreditam que os homens fazem parte de um grupo online conhecido como MOOP.

Descrevendo as prisões como “realmente significativas”, o detetive Bob Burls, da unidade de Crimes de Computadores da Polícia Metropolitana de Londres, disse que os homens podem ter mantido contato por meio de uma companhia de Internet. “Acreditamos que os suspeitos criaram e adaptaram vírus com a intenção de causar infecção em massa por meio de spams”, disse Burls.

Os vírus, disseminados em arquivos anexados a emails, são executados no computador infectado sem que o usuário note sua presença. Uma vez instalados, os programas malignos permitem que os criminosos acessem qualquer dado armazenado no PC. Os suspeitos têm 63, 28 e 19 anos de idade.

O primeiro foi detido na Inglaterra, o segundo na Escócia e o último na Finlândia.

Notícias relacionadas