Paraná vira pra cima do Goiás no Serra Dourada - WSCOM

menu

Mais Esporte

04/06/2006


Paraná vira pra cima do

Após três vitórias seguidas no Serra Dourada, o Goiás não conseguiu segurar o Paraná e perdeu de virada por 2 a 1, na noite deste domingo, em partida válida pela décima rodada do Campeonato Brasileiro, frustrando os poucos torcedores que foram ao estádio.

O time da casa sofreu com a falta de pontaria dos seus atacantes, principalmente na primeira etapa, quando Welliton desperdiçou duas chances claras. Na volta do intervalo, Juliano, Sandro e João Paulo anotaram e decretaram o resultado.

A derrota deixou o Goiás com os mesmos 17, na sexta colocação. Já o clube paranaense manteve o bom desempenho fora de casa e atingiu 15, na sétima posição.

Após o recesso no Brasileirão para a disputa da Copa do Mundo, o Paraná volta a atuar fora de casa. Na ocasião o time irá até o Rio de Janeiro encarar o Flamengo, no dia 13 de julho, às 20h30.

Enquanto isso, a tarefa do Goiás não será das mais fáceis. A equipe terá que enfrentar o lanterna e desesperado Santa Cruz, no estádio do Arruda, no mesmo dia e horário da partida do clube paranaense.

O jogo

Buscando manter a supremacia no Serra Dourada, o Goiás começou com tudo e teve boas chances com os alas Vítor e Jadílson. Na melhor delas, aos 7min, o atacante Welliton invadiu a grande área e completou para boa defesa do goleiro Flávio.

Após a pressão inicial, o Paraná procurou cadenciar a partida, mas não conseguia chegar com perigo à meta de Harlei. Tanto que a primeira oportunidade do time visitante só surgiu aos 15min, em cabeçada de João Vítor que passou à direita do gol goiano.

Atuando na longe dos seus domínios, o time paranista utilizava a linha de impedimento para tentar anular os ataques do Goiás. Em um desses ataques, aos 25min, o avante Roni recebeu livre e tocou na saída de Flávio, que conseguiu evitar o primeiro gol com bela intervenção.

No lance seguinte, Welliton perdeu mais um, ao concluir com perigo para fora. A partir daí, o jogo seguiu sem maiores emoções, já que o Goiás pressionava, mas parava na boa atuação do trio de zaga paranista.

Até que aos 42min, o meia Maicossuel cobrou falta e a bola passou rente à trave de Harlei, arrancando suspiros da torcida do time goiano. O goleiro saiu de campo reclamando da falta de pontaria dos seus atacantes.

“Estamos criando bem, mas vamos tentar melhorar as conclusões para fazer os gols”, disse Harlei. “Tivemos três chances e desperdiçamos. Agora é voltar pro segundo tempo e acertar os chutes”, endossou o meia Hugo Leonardo.

Assim como na etapa inicial, o Goiás voltou para o segundo tempo com maior volume de jogo. Em chute de Romerito de fora da área, aos 4min, a bola raspou o travessão. Na seqüência, Harlei salvou o time da casa ao sair do gol de forma arrojada, nos pés do atacante Leonardo.

Depois de muitas chances desperdiçadas, o Goiás finalmente abriu o placar aos 17min. Fabiano cobrou falta com perfeição no canto esquerdo de Flávio, que nada pôde fazer para evitar o gol.

Em desvantagem no marcador, o técnico do Paraná, Caio Júnior, tentou alternativas para buscar o empate, colocando Cristiano no lugar de Serginho. Contudo, a alteração não surtiu efeito, já que o Goiás continuou dominando as ações.

Aos 27min, Juliano perdeu mais uma chance, concluindo mal, pela linha de fundo. No entanto, o time visitante conseguiu virar o marcador no fim da partida. Sandro, aos 40min, também em cobrança de falta, e João Paulo, dois minutos depois, em um lindo chute da intermediária deu números finais ao confronto.

GOIÁS

Harlei; Fabiano (Rael), Rafael Dias e Cléber; Vítor, Danilo Portugal, Romerito, Hugo Leonardo (Juliano) e Jadílson; Roni (Nonato) e Welliton.

Técnico: Antônio Lopes

PARANÁ

Flávio; João Vítor, Emerson e João Paulo; Serginho (Cristiano), Goiano (Ângelo), Batista, Maicossuel e Edinho; Leonardo (Henrique) e Sandro.

Técnico: Caio Júnior

Local: estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)

Árbitro: Leonardo Gaciba (Fifa-RS)

Auxiliares: Júlio César Rodrigues Santos e Luiz Roberto Porto Garanha (ambos do RS)

Cartões amarelos: Rafael Dias (G), Serginho (P), Goiano (P)

Gols: Fabiano, aos 17min, Sandro, aos 40min, e João Paulo, aos 42min do segundo tempo

Notícias relacionadas