Paraibana Bethe Correia fica acima do peso para luta no UFC - WSCOM

menu

Esporte

10/05/2019


Paraibana Bethe Correia fica acima do peso para luta no UFC

Imagem: André Durão

Uma luta cancelada e uma brasileira acima do peso. Na pesagem oficial do UFC Rio, que aconteceu nesta sexta-feira pela manhã, Bethe Correia ficou 2,2kg acima do limite da categoria. A luta contra Irene Aldana, que marcou 61,4kg, foi confirmada, mas a brasileira perde 30% da bolsa (20% de multa para o UFC, 10% para a comissão atlética), cujo valor será revertido à sua adversária.

Conforme anunciaram os oficiais da CABMMA (Comissão Atlética Brasileira de MMA), a luta entre os pesos-leves Francisco Massaranduba e Carlos Diego Ferreira foi cancelada. O piauiense chegou a bater o peso, mas o oponente não chegou a aparecer na cerimônia. Segundo apurou o Combate, o manauara Ferreira teve uma crise de pedra no rim e, por isso, foi forçado a desistir do confronto, que estava programado para o card principal. A organização ainda não anunciou qual luta tomará seu lugar na porção final do evento.

Tudo certo com os protagonistas da noite

Um dos primeiros a chegar na pesagem oficial foi Alexander Volkanovski, que encara o brasileiro José Aldo no evento. Sem problemas com a balança, o australiano cravou 66kg. Uma hora depois, com o auxílio da toalha, José Aldo pesou 66,2kg e confirmou o duelo.

José Aldo precisou da toalha, mas confirmou o peso — Foto: André Durão

José Aldo precisou da toalha, mas confirmou o peso — Foto: André Durão

Na luta principal, Jéssica “Bate-Estaca” Andrade foi a primeira a se pesar. Apesar de precisar do biombo, a brasileira confirmou o peso ao marcar 52kg. Dona do cinturão peso-palha do Ultimate, Rose Namajunas não teve dificuldades com a balança e ficou abaixo do limite da categoria, com 51,9kg.

Jessica Andrade na pesagem oficial do UFC 237 — Foto: André Durão

Jessica Andrade na pesagem oficial do UFC 237 — Foto: André Durão

Aos 44 anos de idade, Anderson Silva não teve problema para subir na balança. Espirituoso, o Spider marcou 83,9kg e brincou com os jornalistas presentes. O adversário, Jared Cannonier, que faz sua segunda luta no peso-médio, marcou 83,7kg.

Anderson Silva faz careta na pesagem — Foto: André Durão

Anderson Silva faz careta na pesagem — Foto: André Durão

Quem roubou a cena na pesagem foi o americano Clay Guida. Ele divertiu os presentes ao subir na balança com uma manga na mão. O “Carpinteiro” marcou 69,6 kg para seu duelo no peso-leve (até 70,7kg em lutas que não valem cinturão) contra BJ Penn, que bateu 70,5kg, próximo ao limite de tolerância.

Clay Guida e a manga — Foto: André Durão

Clay Guida e a manga — Foto: André Durão

Confira os pesos dos atletas:

CARD PRINCIPAL
* Peso-palha (até 52,2kg): Rose Namajunas (51,9kg) x Jéssica Bate-Estaca (52kg)
Peso-médio (até 84,4kg): Jared Cannonier (83,7kg) x Anderson Silva (83,9kg)
Peso-pena (até 66,2kg): José Aldo (66,2kg) x Alexander Volkanovski (66kg)
Peso-meio-médio (até 77,6kg): Thiago Pitbull (77,5kg) x Laureano Staropoli (77,3kg)
CARD PRELIMINAR
Peso-meio-pesado (até 93,4kg): Rogério Minotouro (92,3kg) x Ryan Spann (92,5kg)
Peso-leve (até 70,8kg): Thiago Moisés (70,3kg) x Kurt Holobaugh (70kg)
Peso-galo (até 61,7kg): Irene Aldana (61,4kg) x Bethe Correia (64kg)
Peso-leve (até 70,8kg): BJ Penn (70,5kg) x Clay Guida (69,6kg)
Peso-mosca (até 57,2kg): Luana Dread (56,4kg) x Priscila Pedrita (57kg)
Peso-meio-médio (até 77,6kg): Warlley Alves (77,1kg) x Sérgio Moraes (77,1kg)
Peso-galo (até 61,7kg): Raoni Barcelos (61,5kg) x Carlos Huachin (61,5kg)
Peso-galo (até 61,7kg): Talita Bernardo (61,5kg) x Viviane Araújo (59,4kg)

* Atletas sem a tolerância de uma libra (0,454kg) por ser uma luta válida por cinturão. Os demais atletas do card contaram com essa tolerância.

Combate