WSCOM Online

Login no site Esqueci minha senha O que é Vozmice?
Busca no site

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Aliquam dapibus leo quis nisl. In lectus. Vivamus consectetuer pede in nisl. Mauris cursus pretium mauris. Suspendisse condimentum mi ac tellus. Pellentesque habitant morbi tristique senectus et netus et malesuada fames ac turpis egestas. Donec sed enim. Ut vel ipsum. Cras consequat velit et justo. Donec mollis, mi at tincidunt vehicula, nisl mi luctus risus, quis scelerisque arcu nibh ac nisi. Sed risus. Curabitur urna. Aliquam vitae nisl. Quisque imperdiet semper justo. Pellentesque nonummy pretium tellus.

Menu de navegação

/ Notícias / Paraíba

3/27/10 - 4:08 PM - Atualizado em 3/27/10 - 4:15 PM


UEPB apóia revitalização do Açude de Bodocongó em CG


O 4º Movimento de Revitalização conta também com o apoio da Pastoral Operária e da prefeitura de CG

Com o apoio da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), será realizado neste domingo (28), a partir das 09h00, o 4º Movimento de Revitalização do Açude de Bodocongó, em comemoração aos 93 anos daquele reservatório. O evento vai ocorrer na Avenida Portugal, em Campina Grande, e pretende chamar atenção para os problemas de poluição e assoreamento do local. Haverá celebração eucarística e apresentação de grupos culturais regionais.

Segundo Francisco Santo da Terra, presidente do Comitê Pró-Revitalização e um dos organizadores do Movimento, o encontro é também uma forma de cobrar das autoridades alguma providência, para que seja interrompido o lançamento de esgotos no Açude e que seja evitado o constante assoreamento nas suas margens. “Antigamente, muitos pescadores e lavadores de carro sobreviviam exclusivamente do açude de Bodocongó, sem falar nas pessoas que o utilizavam como lazer, freqüentando-o nos finais de semana, pescando e passeando em barcos, canoas. O açude é forte, resistente, mas está precisando de socorro”, afirmou Santo da Terra.

Para ele, o açude não traz beleza apenas para o bairro, mas para toda a cidade. “Ele é o berço da limnologia (ciência que estuda as águas interiores) em Campina Grande e tem uma importância enorme, sendo um dos mais cantados pelos artistas da região”, lembrou.

O 4º Movimento de Revitalização conta também com o apoio da Pastoral Operária, Prefeitura Municipal de Campina Grande, Sociedade de Amigos do Bairro (SAB) e Associação dos Lavadores de Carro de Bodocongó (ALCB).

Da Redação com assessoria
WSCOM Online







Revista Nordeste

Veja nesta edição: Quanto custa e quem financia as campanhas.


Veja no Portal NORDESTE:

Busca no site


© Todos os direitos reservados - Grupo WSCOM de Comunicação - www.wscom.com.br

Produzido por Construir Sites