WSCOM Online

Login no site Esqueci minha senha O que é Vozmice?
Busca no site

Menu de navegação

/ Notícias / Paraíba

8/13/13 - 8:55 AM


Cartaxo assina a contrato para a construção de mais unidades habitacionais


Os investimentos são oriundos do Ministério das Cidades

Na manhã desta terça-feira, 13, acontece a assinatura do contrato de construção de unidades habitacionais dentro do programa ‘Minha Casa, Minha Vida’ do Governo Federal. O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, também irá licitar licita mais 400 unidades, fazendo assim um total de quase cinco mil residências. A solenidade acontece às 9h30, no Paço Municipal.

Os investimentos são oriundos do Ministério das Cidades no valor de R$ 450 milhões, com contrapartida da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) na infraestrutura de todos os residenciais.

“Estamos colocando em prática uma política habitacional ousada para gerar uma grande redução do déficit de moradias na nossa Capital”, destacou Luciano Cartaxo. “Vamos realizar o sonho de muitas pessoas em possuir uma casa própria e, dessa forma, garantir o fortalecimento das famílias e oferecer mais dignidade e cidadania para todos”, completou o prefeito, que ainda lembrou que cada novo residencial será dotado de equipamentos como escolas e unidades de saúde.

Das quase cinco mil unidades habitacionais, 2.016 serão construídas em Gramame, mais 2.016 nas Colinas do Sul e 384 no Residencial Vista Verde, localizado entre os bairros do Jardim Veneza e das Indústrias, além das 400 unidades da Saturnino de Brito. Todos os imóveis são apartamentos de aproximadamente 42 m2, com dois quartos, sala de estar, cozinha e banheiro. Os residenciais ainda serão dotados de escolas, USFs, equipamentos comerciais, de esporte e lazer, programas de capacitação e geração de emprego e renda.

Para a secretária municipal de Habitação Social, Socorro Gadelha, “Esses imóveis atenderão famílias do município de João Pessoa, atentando para o bem estar quanto à qualidade de vida dentro da sua própria casa e na localidade em que elas vão conviver. Queremos diminuir o déficit habitacional da nossa Capital com condições de vida saudável e sustentável,” informou.

A liberação dos recursos se dará por meio da Caixa Econômica Federal e as empresas responsáveis pela construção das unidades habitacionais serão: Terramar, JGA e Litoral assinando a ordem de serviço autorizando o início dos trabalhos.

 

da Redação (com assessoria)
WSCOM Online







Revista Nordeste

Veja nesta edição: Gênios da Bahia na política.


Veja no Portal NORDESTE:

Busca no site


© Todos os direitos reservados - Grupo WSCOM de Comunicação - www.wscom.com.br

Produzido por Construir Sites