WSCOM Online

Login no site Esqueci minha senha O que é Vozmice?
Busca no site

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Aliquam dapibus leo quis nisl. In lectus. Vivamus consectetuer pede in nisl. Mauris cursus pretium mauris. Suspendisse condimentum mi ac tellus. Pellentesque habitant morbi tristique senectus et netus et malesuada fames ac turpis egestas. Donec sed enim. Ut vel ipsum. Cras consequat velit et justo. Donec mollis, mi at tincidunt vehicula, nisl mi luctus risus, quis scelerisque arcu nibh ac nisi. Sed risus. Curabitur urna. Aliquam vitae nisl. Quisque imperdiet semper justo. Pellentesque nonummy pretium tellus.

Menu de navegação

/ Notícias / Paraíba

2/22/13 - 3:28 PM


Cartão Temporal entra em vigor em CG dia 1º de março


A iniciativa permitirá trocar de ônibus com o pagamento de uma única passagem.

O superintendente de Trânsito e Transportes Públicos de Campina Grande (STTP), Vicente da Paula Teixeira, garantiu nesta sexta-feira, 22, que a partir do próximo dia 1º de março vai ser implantado na cidade o chamado Cartão Temporal. A iniciativa permitirá ao usuário de transporte coletivo trocar de ônibus em qualquer parte da cidade, com o pagamento de uma única passagem.

Ele esclareceu, contudo, que o benefício será implantado em etapas. Nesta primeira fase, o usuário do transporte coletivo vai poder, durante o período de até uma hora, fazer dois deslocamentos pagando apenas uma passagem. Ou seja, após desembarcar do ônibus, o passageiro terá, pelo menos, uma hora para trocar de linha sem pagar outra passagem.

“É importante destacar, contudo, que neste primeiro momento o usuário pega inicialmente qualquer ônibus, mas só poderá usufruir do benefício do cartão temporal caso se utilize da linha integrada inicial, que será a 245. Aos poucos, este sistema será ampliado em termos de linhas integradas, mesmo porque há necessidade de se fazer
uma pesquisa domiciliar ampla visando-se saber as reais necessidades da coletividade”, afirmou.

Segundo ele, o cartão temporal já existe em muitos municípios. Esse moderno sistema que envolve ônibus urbanos, gera economia aos usuários, maior mobilidade e reduz o tempo de deslocamento, além de contribuir com a melhoria da qualidade de vida da população.

“A diferença do cartão temporal é que ao adquiri-lo, o usuário tem um tempo (daí a expressão temporal), no qual pode pegar outro ônibus, sem necessariamente precisar ir para o terminal de integração de passageiros. Será possível a diminuição do fluxo de transportes coletivos no centro porque hoje, inevitavelmente, quem quiser fazer
integração tem que ir para a Avenida Floriano Peixoto, onde funciona o sistema de integração. Com o cartão temporal poderá haver integração em qualquer bairro do município”, garantiu.

Outro aspecto vantajoso desse sistema é não ter a necessidade de construir terminais de integração (obras físicas). Assim, quando todas as etapas de implantação do novo sistema forem concluídas, o passageiro pode trocar de ônibus em qualquer ponto de parada onde as linhas integradas se cruzam, sem precisar ir ao terminal, localizado ao lado do Parque do Açude Novo.

O superintendente finalizou esclarecendo que a população só tem a ganhar com a iniciativa, mesmo porque não haverá elevação no preço da passagem, o terminal de integração vai continuar funcionando e, por fim, só haverá o acréscimo de mais um benefício para a melhoria e aperfeiçoamento do sistema de transportes coletivos de
Campina Grande.

Da Redação
WSCOM Online







Revista Nordeste

Veja nesta edição: Os novos desafios do Brasil em 2015.


Veja no Portal NORDESTE:

Busca no site


© Todos os direitos reservados - Grupo WSCOM de Comunicação - www.wscom.com.br

Produzido por Construir Sites