OUÇA: Internauta satiriza discussão entre Barroso e Gilmar Mendes e compõe música - WSCOM

menu

Política

22/03/2018


OUÇA: Internauta satiriza discussão entre Barroso e Gilmar Mendes e compõe música

A erudição de Barroso ao atacar Gilmar Mendes durante a sessão provocou uma repercussão gigantesca. Os internautas aproveitaram a situação e repercutiram a fala nas redes sociais

A repercussão da discussão entre dois ministros do Supremo Tribunal Federal em sessão nesta quarta-feira (21) chamou a atenção dos internautas e a questão viralizou nas redes sociais. Um internauta chegou a compor uma música usando a fala do ministro Barroso contra Gilmar Mendes.

A erudição de Barroso ao atacar Gilmar Mendes durante a sessão provocou uma repercussão gigantesca. Os internautas aproveitaram a situação e repercutiram a fala nas redes sociais.

“Me deixa de fora desse seu mau sentimento, você é uma pessoa horrível, uma mistura do mal com atraso e pitadas de psicopatia” foi a crítica de Barroso ao colega. A célebre frase virou estampa de camiseta e até música.

A discussão foi iniciada por uma reação de Barroso a uma fala de Gilmar Mendes, que criticava decisões do STF, incluindo a proibição a empresas de fazerem doações para campanhas eleitorais. Gilmar Mendes fazia referência a uma decisão de 2016 quando a Primeira Turma revogou a prisão preventiva de médicos e funcionários de uma clínica de abortos. Neste caso, o voto que conduziu a decisão foi de Barroso.

O ministro, então reagiu. “É um absurdo vossa excelência vir aqui fazer um comício cheio de ofensas, grosserias. Vossa excelência não consegue articular um argumento, fica procurando, já ofendeu a presidente, já ofendeu o ministro Fux, agora chegou a mim. A vida para vossa excelência é ofender as pessoas, não tem nenhuma ideia, nenhuma, nenhuma, só ofende as pessoas”, retrucou Barroso.

A presidente Cármen Lúcia anunciou suspensão da sessão, mas foi interrompida por Gilmar Mendes. “Presidente, eu estou com a palavra e continuo, presidente. Continuo com a palavra, presidente, eu continuo com a palavra. Presidente, eu vou recomendar ao ministro Barroso que feche seu escritório, feche seu escritório de advocacia”, rebateu Gilmar Mendes. Logo após essa fala, a sessão foi encerrada.

Click PB

Notícias relacionadas