Obras de gasoduto que cortará floresta amazônica começam amanhã - WSCOM

menu

Economia & Negócios

01/06/2006


Obras de gasoduto que cortará

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva fará amanhã (1º) a primeira solda que marcará o início das obras de construção do gasoduto Urucu-Manaus, que vai levar o gás natural da província petrolífera de Urucu, no município de Coari (AM), até a capital do Amazonas.

Segundo a assessoria de imprensa da Petrobras, a obra deve gerar quase 3,5 mil empregos diretos e 10 mil indiretos. Embora ainda não tenha o valor total do gasoduto, que deve ficar em torno de US$ 1 bilhão, a estatal informou que dois dos três trechos orçados até agora envolvem recursos de US$ 770 milhões.

O gasoduto terá 670 quilômetros de extensão, cortando o “coração” da floresta amazônica, e deve estar concluído em março de 2008. Na primeira fase de operação, transportará 4,7 milhões de metros cúbicos de gás natural por dia, volume a ser utilizado principalmente em termelétricas na produção de energia elétrica destinada aos consumidores de Manaus e de outros municípios do estado, beneficiando 1,5 milhão de pessoas.

A solenidade de início das obras está prevista para as 9 horas, em Coari. Além de Lula, estarão presentes o presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, e o governador do Amazonas, Eduardo Braga.

Notícias relacionadas