Ministro vai ao treino e nega ser 'bombeiro' de Lula - WSCOM

menu

Brasil & Mundo

10/06/2006


Ministro vai ao treino e

Garantindo que a visita estava agendada anteriormente, o ministro dos Esportes, Orlando Silva, acompanhou neste sábado o treino da seleção brasileira na Arena Zagallo, em Konigstein.

Silva negou que a sua viagem à Alemanha tivesse ligação com a polêmica envolvendo o presidente Lula e o atacante Ronaldo.

Negando atuar como “bombeiro” na troca de farpas entre o chefe da nação e o Fenômeno, Silva colocou um ponto final nas fofocas. “Este assunto está encerrado porque o presidente Lula gosta muito do Ronaldo e lhe enviou uma carta muito carinhosa. O problema é que o presidente Lula e o Ronaldo são figuras públicas e tudo que eles falam ganham uma repercussão muito grande na imprensa”, disse.

No desabafo de sexta-feira, Ronaldo também culpou a imprensa pela repercussão do assunto. “Acho que ele perguntou aquilo influenciado pela insistência da maioria da imprensa. Uma hora é o peso, outra é a febre, a saída de jogador da concentração, a bolha…”, reclamou o Fenômeno, que perdoou o presidente em texto publicado em seu site oficial.

Notícias relacionadas